Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Anda um pai a educar um filho para isto

por Rodrigo Moita de Deus, em 15.12.06
O sindicato dos magistrados do ministério público queixou-se ontem da falta de solidariedade do poder político relativamente ao caso das perseguições de magistrados.
Percebe-se o silêncio dos políticos e a falta de solidariedade dos portugueses em geral. Afinal, a magistratura do Ministério Público está na lista das dez profissões pouco dignas que um homem pode ter ou “profissões socialmente inaceitáveis”. Os magistrados estão em terceiro lugar logo depois dos árbitros de futebol mas um bocadinho antes dos taxistas de aeroporto.

Autoria e outros dados (tags, etc)