Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Discurso do governo muda de tom. Literalmente.

por Rodrigo Moita de Deus, em 27.12.06
Fui só eu que reparei que o primeiro-ministro, na sua mensagem de natal, estreou um novo tom de voz? Algo mais enternecido e meigo? Género conversas em família?

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Castro a 27.12.2006 às 15:47

Deve ser das companhias...
Sem imagem de perfil

De Catarina Reis a 27.12.2006 às 16:18

Já era tarde e não queria acordar as crianças.
Sem imagem de perfil

De Daniel Marques Pinto a 28.12.2006 às 01:24

Foi notório, foi notório!

"Mestre Escola" foi a tag que na altura me ocorreu. Demasiadamente forçado para conquistar as massas foi a minha apreciação.
Hoje, saindo finalmente à rua, pareceu-me que ninguém o ouviu sequer.

Será para continuar? Este novo tom não escorrega muito bem naquela ligeira prognaticidade...
Sem imagem de perfil

De André de Soure Dores a 28.12.2006 às 14:30

Ainda há mensagem de Natal do primeiro-ministro ? Alguém me consegue explicar porquê ? E eu a pensar que estava em curso algo a que chamam "reformismo"... Afinal diz só que é uma espécie de reformismo... até a mensagem de Natal continua na mesma! E mais... Ainda continua a existir mensagem de Natal!
Senhor primeiro-ministro para a garganta passe na ginjinha nas Portas de Santo Antão, mas lembre-se que lá "Reserva-se o direito de admissão de clientes". São muito selectivos, vamos lá ver...

Comentar post