Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Assim vai o mais competitivo mercado do mundo

por Pedro Marques Lopes, em 29.12.06

As organizações que trabalham o mercado das almas tiveram um grande ano.

As organizações islâmicas, fruto da sua estratégia agressiva, viram crescer a fidelização ao seu produto e um, não desprezível, aumento da sua quota de mercado. A concorrência, encabeçada pelo líder dos católicos, reagiu, usando uma dupla estratégia: por um lado e, de forma quase subliminar, apelou à fidelização, usando como exemplo o forte empenho dos clientes do islão, por outro deu sequência à recente estratégia conhecida por “vejam que bonzinhos que nós somos”.

Estas entidades tiveram como inesperado (ou talvez não...) aliado a escumalha do “politicamente correcto” que conseguem transformar o mais empedernido ateu num papa-hóstias.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)