Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Passos Coelho - o candidato da mudança (2)

por Rui Castro, em 19.05.08

Caro Vasco Campilho, um candidato que seja efectivamente o rosto da mudança, de ruptura e do futuro não recebe apoios como os que Pedro Passos Coelho tem vindo a receber. Quanto a promessas de lugares ou outro tipo de trocas, e partindo do pressuposto que acredita mesmo no que escreveu (não tenho razões para pensar o contrário), quer parecer-me que há coisas que não precisam de ser ditas ou negociadas. Está implícito. Basta, aliás, consultar a lista de mandatários para o perceber. Para perceber que a candidatura de PPC, no início aparentemente de ruptura, se tornou no destino para (quase) todos aqueles que vêem em risco os lugares que ocupam, ou pretendam ocupar, caso MFL ganhe as eleições.

 

disclaimer: não sou militante do PSD, ou sequer apoiante de MFL (acho-a maçadora).

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De TAF a 19.05.2008 às 15:52

Caro Rui Castro, será pedir muito que me explique em que é que este raciocínio está errado?
Imagem de perfil

De Rui Castro a 19.05.2008 às 16:03

Meu caro TAF,
Sem aprofundar algumas questões pertinentes que levanta no seu texto, deixe-me que lhe diga que o seu raciocínio se poderia aplicar a qualquer um dos candidatos à liderança do PSD.
O que não deviam negar (tendo em atenção tudo o que se escreveu e disse sobre PPC desde o início deste debate) é que muitos dos apoios recentemente recebidos, alguns "promovidos" a mandatários, chocam com os pressupostos iniciais da candidatura.
Abraço
Imagem de perfil

De TAF a 19.05.2008 às 16:17

"o seu raciocínio se poderia aplicar a qualquer um dos candidatos à liderança do PSD2

Pois podia. Mas PPC é o único que efectivamente tenta fazer evoluir o partido, com as pessoas que existem e com novas que venham a entrar, sem excluir ninguém à partida.

Os apoios só "chocariam com os pressupostos" se o candidato se submetesse aos eventuais interesses desses apoios, em vez de se manter fiel ao seu projecto. Quanto a isto, é também uma questão de acreditar ou não no candidato, uma vez que nenhuma prova existe de que ele abdicou das suas ideias, pelo contrário. Se PPC, no futuro, violasse o prometido, eu passaria a ser seu opositor. Em Democracia é assim, com qualquer candidato. :-)

Saudações!
Imagem de perfil

De Rui Castro a 19.05.2008 às 16:44

Caro TAF,
Os apoios de pessoas como Fernando Ruas ou mesmo do próprio Menezes, ainda que de forma menos explícita, trazem necessariamente consigo tudo aquilo que eles pensam, defendem e têm feito enquanto políticos.
Parece-me, no mínimo, caricato que se possa falar em mudança aceitando que estas pessoas sejam os principais rostos de uma candidatura.
A mudança passaria pela coragem de trazer para a frente da batalha, dando-lhes visibilidade, pessoas como o TAF, o Vasco Campilho ou o Pedro Marques Lopes.
Imagem de perfil

De TAF a 19.05.2008 às 17:28

Meu caro, agradeço o elogio pela parte que me toca, mas nesta fase é preciso ganhar as eleições. ;-) E para isso os "novos" (ainda) contam pouco. O importante é que de facto PPC não tenha abdicado do seu projecto, e a presença dessas figuras só por si não significa nada desse ponto de vista. Ao contrário, pode ser um bom sinal de que os hábitos do partido vão mudar, pois até os "figurões" estão a ser arrastados para uma candidatura renovadora. :-)
Imagem de perfil

De TAF a 19.05.2008 às 17:30

Já agora, como tenho frequentemente dito: é pouco eficiente lutar contra ventos e marés, é preferível aproveitar ventos e marés a nosso favor. ;-)
Imagem de perfil

De Rui Castro a 19.05.2008 às 18:07

Meu caro, mas isso que me diz é o contrário daquilo que uma candidatura que pretende mudar efectivamente alguma coisa deve fazer. No fundo, o que me diz é que para ganhar precisam dos de sempre.
Imagem de perfil

De TAF a 19.05.2008 às 18:27

Para ganhar precisamos também dos de sempre para depois conseguir que haja evolução no partido, seja pela intervenção de gente nova, seja por conseguir que os de sempre, num ambiente diferente, dêem um contributo positivo. O texto que referi antes é precisamente sobre isso.
Sem imagem de perfil

De h - V&P a 19.05.2008 às 15:52

Com data venia, deixo aqui link para post que escrevi.. dizendo o mesmo, o qual me valeu muitas críticas laranjas!http://ireflexoes.blogspot.com/2008/05/pedro-passos-coelho_09.html

Comentar post