Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ler os outros

por Rui Castro, em 20.05.08

"(...) Eu, tenho apenas a minha Manuela. Ergo-a como um facho a arder na noite escura. Por enquanto não sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios, mas lá hei-de chegar. Um homem aprende a amar a sua gaja. Se for ela a escolhida, apesar de tudo, para guiar o país, por aquela trupe de saloios tachistas, comandados por caciques que têm uma representação da Vodafone no Portugal profundo, que decidem os destinos do partido, logo da Nação, logo o meu, nas directas. Tenho de esperar, e ter esperança. Só não vou atrás do que me dizem alguns com olhos doces. Preferia mil vezes escorregar nos becos lamacentos." (Jorge Lima)

Autoria e outros dados (tags, etc)