Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O liberalismo há 15 anos - Francisco Lucas Pires

por Manuel Castelo-Branco, em 23.05.08

 

Nunca conheci Francisco Lucas Pires apesar de termos amigos comuns. Mas, lembro-me da importância que teve na minha formação politica, tinha eu 16 anos e Lucas Pires ascendeu á liderança do CDS.
Seduzido pelo seu discurso de direita descomplexada, marcadamente liberal e reformadora, fui nas semana seguintes, bater á porta do Largo do Caldas e pedir a minha filiação. O discurso era absolutamente coerente, reformador, construtivo e inovador. Ainda me lembro da campanha eleitoral, bem ao estilo americano – “ o nosso partido é o único que cujo logótipo não tem nem um bocadinho de encarnado – metaforizando o facto do laranja ser uma composição de encarnado e amarelo (para disfarçar).
 
Lucas Pires retirava definitivamente ao CDS qualquer baralhação e beco ideológico para onde Freitas do Amaral o tinha colocado. Apesar da derrota eleitoral que sofreu, tenho a certeza, que a persistência do discurso e a sua permanência trariam ao CDS e ao País as reformas que ainda hoje não realizamos.
 
Hoje, passados 10 anos já não há emotividade nem desilusão sobre o caminho que decidiu escolher. Um caminho onde acredito não se reveria totalmente pois estar no PSD era estar no situacionismo, longe do reformismo que tinha defendido uns anos antes. A não ser, que acreditasse ser a Europa a única forma de obrigar uma economia dependente de um estado centralizador e salazarento, a reduzir a sua influencia, a reformar, a diminuir e tornando o pais mais produtivo e competitivo….

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De blogdaping a 23.05.2008 às 15:32

Realmente , politicos e igreja , é uma boa mistura gasosa.........é....... assim como, óh tempo volta pra traz.......!
Sem imagem de perfil

De Ana Narciso a 23.05.2008 às 23:03

"Os Portugueses não gostam de liberdade,; gostam de igualdade ..." Vasco Pulido Valente na TVI disse "m....." e tudo.
O Dr. Vasco no seu melhor... mas tem razão . Estou absolutamente de acordo.

Comentar post