Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bolivar

por Rodrigo Moita de Deus, em 03.07.08

O revolucionário e paladino dos fracos e oprimidos, Hugo Chavez, andou durante um ano a prometer a libertação de Ingrid Betancourt. O conservador e advogado dos imperialistas, Alvaro Uribe, não prometeu nada e libertou-a. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De blogdaping a 03.07.2008 às 15:19

Já se sabe tudo aqui no 31.... da cóboiada ??

Biba o imperialismo... carago !!!!
Andaram 6 anos a tratar do tema ..... e já está !!!!
Imagem de perfil

De António de Almeida a 03.07.2008 às 16:43

-Engraçado, passei pelo Avante, mais uns quantos blogues conhecidos por defenderem causas, não vi uma palavra sobre o assunto. Talvez a liberdade seja uma causa que não lhes diga muito.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 03.07.2008 às 16:55

... E quase de certeza que vão convidar, mais uma vez, o braço político das FARC para a festa do avante. Vergonhoso!
Sem imagem de perfil

De Rui Moreira a 03.07.2008 às 17:01

As FARC vão mesmo estar no Avante. Quanto a Chavez, pensei que fosse mostrar mais coragem no meio destas promessas!
Sem imagem de perfil

De Manuel Neves a 03.07.2008 às 18:38

Vamos ver se o Uribe agora faz com que haja uma evasão em Guantanamo. Estilo irmãos Dalton.
É tão giro ver pessoas que defenderam a guerra no Iraque e outras atrocidades defenderem a liberdade.
(E ainda bem que a senhora Ingrid está bem, já agora, antes que venha a lenga lenga do estalinismo e restante propaganda.)
Sem imagem de perfil

De Rui a 03.07.2008 às 22:43

Para quem tava presa à 6 anos estava bem rechonchudinha, cabelo sedoso, sim senhora..
Vejam bem nem fraca estava para quem esteve até a bem pouco tempo as portas da morte.
Começou logo a dar entrevistas e tudo..
Esteve cativa esteve..
Sim, sim..
A ver vamos, a verdade há-de se descobrir..
Imagem de perfil

De António de Almeida a 03.07.2008 às 23:08

Nota do Gabinete de Imprensa do PCP/03/07/2008 Em resposta a várias solicitações dos órgãos de comunicação social sobre a posição do PCP a propósito da operação de resgate de Ingrid Bettencourt por parte do exército nacional na Colômbia, o PCP considera o seguinte:

1. O resgate de Ingrid Bettencourt após um período em que esteve prisioneira na selva colombiana, coloca em evidência a gravidade da situação em que se encontram centenas de prisioneiros em ambos os lados do conflito e a necessidade de encontrar uma solução humanitária entre as partes.

2. Os complexos problemas em presença, exigem uma solução política e negociada de um conflito que se arrasta há mais de 40 anos sem solução, situação que é em si, inseparável da política de agravamento da exploração e de terrorismo de estado praticada pelo governo neo-fascista de Uribe, conforme tem vindo a ser denunciado pelas forças progressistas e democráticas da Colômbia.

3. O Povo colombiano poderá continuar a contar com a solidariedade dos comunistas portugueses na sua luta contra a opressão e exploração, pela justiça social, pela democracia e soberania nacional. Sem mais comentários


Sem imagem de perfil

De josejose a 04.07.2008 às 10:21

Os europeus já deixaram cair o Uribe...
Estão a iniciar-se na europa, as negociações com a futura presidente da colombia.
Ficará para depois a verdade sobre a libertação...
Sem imagem de perfil

De Hugo Matos a 05.07.2008 às 00:35

Suspeito que o presidente da Venezuela não terá ficado muito satisfeito, pois já não terá motivo para brilhar, e por outro lado, tanto ele como o presidente da Bolívia vêm o diminuir da força da facção militar para com a qual têm solidariedade (e se calhar apoiam directamente). Pelo contrário um presidente determinado, Uribe, pró-americano e um dos poucos conservadores numa América do Sul dominada por governos de esquerda mais ou menos vincados, soma mais uma vitória. Neste canto do mundo ainda se joga a eterna luta capitalismo-marxismo, em diferentes graus e com variantes.
Ideologias à parte, foi muito bom a senhora ter sido resgatada.

Comentar post