Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mas que raio de "mister" eu fui arranjar!

por Sofia Bragança Buchholz, em 03.07.08

Personagens:

• Tomás, 10 anos
• Simão, 7 anos
• Catarina, 11 anos
• Eu (isso, agora, não interessa mesmo nada)

Cenário:
Ontem à noite, num relvado de um campo de futebol de um conhecido colégio da cidade, eu jogava heroicamente futebol com três crianças.
Às páginas tantas, já o coração parecia querer saltar-me a galope pela boca, tal o esforço que o exercício me exigia, dobro-me, apoio as mãos nos joelhos e, ofegante, informo resignada:

Acção:
– Desisto! Já estou velha para isto!
O meu sobrinho mais velho, sempre cordial e amigo – mas também consciente de que a equipa se desmoronava e que lá se ia a brincadeira – incentiva-me:
– Vá lá, não desistas! Tu jogas muito bem!...
Lisonjeada, levanto a cabeça numa derradeira tentativa de continuar, mas, o argumento – supostamente encorajador – que se segue, cai sobre mim como um balde de água fria, fazendo-me definitivamente resignar da minha posição de avançado:
– … tu jogas, quase, tão bem como o meu pai!
É que não estão a ver o meu cunhado, um fumador incorrigível, com uns bons valentes quilos a mais, nada dado a actividades físicas e que de desportivo, meus caros leitores, só tem o BMW descapotável na garagem.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


comentários

Sem imagem de perfil

De Daniela Major a 03.07.2008 às 22:50

Deixe lá...eu tenho 15 e não consigo brincar mais de 15 de hora com o meu irmao de 5
Sem imagem de perfil

De VNS a 03.07.2008 às 22:57

Por ser a única via possível de anuncio do meu humilde blogue, remeto para esta caixa o endereço do mesmo na esperança de uma visita sua. Bem haja.

O mesmo ainda se encontra em fase experimental, no entanto passará ainda este verão a ser um programa de rádio em português de e para nacionalistas.

http://voznacionalsocialista.blogspot.com/

Sem imagem de perfil

De Pedro Sá a 04.07.2008 às 10:15

Cá está esta outra vez a mostrar a sua futilidade e a descredibilizar completamente a participação política das mulheres.

Tipo: "que horror, estão a comparar-me a um gordo" !
Sem imagem de perfil

De Gerontófila a 06.07.2008 às 19:02

Oh Sofia,
cada um no seu papel: o RMD é o piadista-fascista aqui do sítio, o NMG o único cérebro com bom gosto, os outros com categorias mais ou menos interessantes que não vale a pena falar., porque é que a si (?) que é uma mulher inteligente, de berço e clarividente até de certo modo lhe atribuiram o papel de galinha? A "coquetterie" só fica bem ao género -se-não for forçada e falsa, mas você não desempenha o papel da coquette, você faz papel de burra, e não o é!! Ainda por cima nativa de caranguejo!! Só pode ser deliciosamente interessante.
A Gerontófila

Comentar post