Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




fracasso

por Rui Castro, em 11.07.08

No Programa do actual Governo pode ler-se:

"Em suma, a política do Governo desenvolver-se-á em torno de cinco grandes eixos:

• Retomar o crescimento da economia de forma sustentada e visando a modernização do País, fazendo do conhecimento, da inovação, da qualificação dos portugueses e da melhoria dos serviços do Estado os caminhos do progresso;

• Reforçar a coesão nacional, numa sociedade com menos pobreza e com mais igualdade de oportunidades, onde os instrumentos de coesão sejam também ferramentas para o crescimento e a modernização;

• Melhorar a qualidade de vida dos portugueses num quadro sustentável de desenvolvimento, onde a qualidade ambiental, a defesa dos consumidores e a melhoria dos indicadores de bem-estar sejam uma realidade e onde a coesão territorial seja, ela também, um factor de progresso do País;

• Elevar a qualidade da nossa democracia, reforçando a credibilidade do Estado e do sistema político e fazendo dos sistemas de justiça e de segurança instrumentos ao serviço de uma plena cidadania;

• Valorizar o posicionamento do País no quadro internacional, quer no plano prioritário da União Europeia, quer no plano global, relançando a cooperação externa, valorizando a cultura e a língua portuguesa no Mundo e construindo uma política de defesa adequada à nossa inserção na comunidade internacional."

Ao longo da legislatura, as prioridades do Governo foram mudando. Ainda assim, parece-me evidente que o Governo falhou redondamente no cumprimento daquilo a que se propôs em 2005 quando assumiu funções. Resta saber porque razão se torna tão difícil à oposição esfregar na cara de Sócrates as provas do seu fracasso.

Autoria e outros dados (tags, etc)