Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"herói"

por Rui Castro, em 18.07.08

Um dos "heróis" libaneses ontem libertados por Israel afirmou não lamentar ter morto um polícia, um civil e uma criança de 4 anos, em 1979, em Israel. Mais afirmou que a luta contra o Estado hebraico iria continuar. São estes "heróis" que alguma esquerda vai justificando com os seus mas sempre que se referem ao conflito no Médio Oriente ou quando permanecem em silêncio cúmplice perante a infâmia.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Vasco a 18.07.2008 às 10:49

A pessoa em questão sempre negou ter morto a criança
Sem imagem de perfil

De JM a 18.07.2008 às 23:07

Sim, foi morta acidentalmente em "fogo cruzado"

Comentar post