Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




parecia o vítor constâncio

por Rodrigo Moita de Deus, em 18.07.08

Gostei imenso da entrevista de Luís Filipe Vieira. Houve ali uma altura em que ele quase (quase) falava sobre o benfica.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 18.07.2008 às 09:58

LVFilipe entrevistado no canal1 por Judite de Sousa ficou longe do que se esperava nas suas reivindicações e nos conhecimentos quer dos dossieres quer dos bastidores do futebol.



Teve uma oportunidade de ouro de bater forte e contar tudo o que sabia relativamente ao encerramento extemporâneo da reunião do Cj da FPF, das manobras do seu presidente. Deveria aprofundar a influência de Pinto da Costa, Pinto de Sousa e Valentim ( pediu a sua demissão, e uns telefonemas comprometedores). Atacar forte Madail, foi muito suave, e toda a trama propositada de adiar decisões na FPF para ganhar tempo útil no sentido da UEFA decidir ou o TAS deste modo. Devia ter sido mais incisivo e convicto quanto às escutas telefónicas e contar mais casos. Deveria ter dito que a corrupção tem de ser condenada, e isso não interfer na problemática do campo desportivo. Se o Porto fosse excluído, o Benfica ia à Liga dos Campeões por direito próprio, ou ia o V.Setúbal!



Paderia ter partido a loiça toda, contado tudo o que se sabe, tinha despoletado uma "explosão", não foi por aí. Parecia que sabia mais e não contou. Perdeu uma oportunidade de ouro de levantar os "6 milhões" contra o Sistema. Falta-lhe saber explicar bem a sua razão. O Benfica precisa de outro presidente, que corte a "direito", esses é que são ouvidos, nem que tivesse que gritar. Quando se tem razão, tem.
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 18.07.2008 às 09:58

LVFilipe entrevistado no canal1 por Judite de Sousa ficou longe do que se esperava nas suas reivindicações e nos conhecimentos quer dos dossieres quer dos bastidores do futebol.



Teve uma oportunidade de ouro de bater forte e contar tudo o que sabia relativamente ao encerramento extemporâneo da reunião do Cj da FPF, das manobras do seu presidente. Deveria aprofundar a influência de Pinto da Costa, Pinto de Sousa e Valentim ( pediu a sua demissão, e uns telefonemas comprometedores). Atacar forte Madail, foi muito suave, e toda a trama propositada de adiar decisões na FPF para ganhar tempo útil no sentido da UEFA decidir ou o TAS deste modo. Devia ter sido mais incisivo e convicto quanto às escutas telefónicas e contar mais casos. Deveria ter dito que a corrupção tem de ser condenada, e isso não interfer na problemática do campo desportivo. Se o Porto fosse excluído, o Benfica ia à Liga dos Campeões por direito próprio, ou ia o V.Setúbal!



Paderia ter partido a loiça toda, contado tudo o que se sabe, tinha despoletado uma "explosão", não foi por aí. Parecia que sabia mais e não contou. Perdeu uma oportunidade de ouro de levantar os "6 milhões" contra o Sistema. Falta-lhe saber explicar bem a sua razão. O Benfica precisa de outro presidente, que corte a "direito", esses é que são ouvidos, nem que tivesse que gritar. Quando se tem razão, tem.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 18.07.2008 às 13:57

-Aquela que iria propôr aos corpos sociais que o SLB não ocupasse o lugar do FCP na champions é de levar ás lágrimas. Até Quique Flores que nada tem a ver com o assunto afirmou há dias, que seria fantástico para o grupo disputar a prova. Se alguma vez tal fosse verdade deveria tê-lo dito antes, assim passa por lirismo puro, como se alguém acreditasse.

Comentar post