Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mau, mau mau, mau, muito mau

por Henrique Burnay, em 10.01.07
Carrilho renuncia a mandato de vereador na Câmara de Lisboa . A ex-carreira política de Carrilho é a história do encontro entre a sobranceria e o ridículo. Era desnecessária, mas entreteve bastante.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De André de Soure Dores a 10.01.2007 às 18:07

Segundo o Diário Digital: "(...)Carrilho abandona agora a vereação socialista, dizendo-se convicto de que fez «tudo» o que estava ao seu alcance «para assegurar o que a política tem de mais nobre: o serviço público». Agora sim fez tudo em prol do serviço público. Saiu . Foi-se embora. Mas continua na AR... Podia ter-se esforçado um pouco mais...Afinal não fez tudo! Há sempre algo mais que pode ser feito pelo serviço público.
Vejo, no entanto, algo positivo na sua participação política, a elevação a ministério da pasta da cultura. O negativo foi o dia seguinte. Aliás o minuto seguinte. E nunca mais parou. Mas está no bom caminho. Falta o abandono do Parlamento. Por favor, um pouco mais de esforço Prof. Carrilho.

Comentar post