Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Onde é que se enfia a carolina?

por Rodrigo Moita de Deus, em 11.01.07
Este caso da Carolina Salgado mexe com um velho problema jornalístico. A questão das classificações editoriais. O que fazer quando um tema é transversal? Em que secção arrumá-lo?
 
À primeira vista seria secção de desporto. E o tema é muito mais desportivo do que parece à primeira vista. Mete imensa actividade física.
 
Porém, em tese, também serve para sociedade. Mesmo ao lado dos outros casos de justiça e  violência doméstica.
 
E na política? Sim, política. Como se não bastassem os autarcas que são dirigentes desportivos, o caso mete vinganças, ódios pessoais, inseguranças e rasteiras baratas. Deve ser política de certeza.
 
Como se não bastassem tantas opções, Pinto da Costa e Carolina Salgado gostavam de brincar ao lobo mau e ao capuchinho vermelho. Existe por isso fundamento para os arrumar em teatro, na secção de cultura.
 
Por enquanto, e em caso de dúvida, o melhor é colocar o caso na única secção onde ainda não apareceu: adultos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De SOU COMUNISTA! a 12.01.2007 às 00:55

E porque não na secção Um dos mais iníquos sistemas inventados pelo Homem?
Sem imagem de perfil

De Luis Oliveira a 12.01.2007 às 05:33

Rodrigo:

Isto é o que eu chamo um posta longa.
Sem imagem de perfil

De Flávio a 13.01.2007 às 02:00

Acho certeira a referência ao Capuchinho Vermelho, é um texto carregado de conotações sexuais.

Comentar post