Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um erro que custou milhões

por Nuno Gouveia, em 31.01.12

Oito milhões de euros depois Braga desiste de piscina olímpica

 

A CM de Braga endividou-se para construir um estádio novo para o clube da terra. Não foi caso único, mas Braga não construiu um estádio qualquer. Não. A autarquia liderada por Mesquita Machado optou por fazer um dos estádios mais caros de todos os do Euro 2004 (penso que apenas o do SLB foi mais caro). Mas com esse investimento, a autarquia acabou por ficar com graves problemas financeiros (como tantas outras). Mesmo assim, os seus responsáveis pensaram que podiam continuar a gastar como se nada se passasse. E começaram a construir um complexo de piscinas ao lado do estádio. Mas o dinheiro acabou. E oito milhões de euros depois, concluíram que não podem continuar com essa obra. E alguém irá assumir a responsabilidade por esses oito milhões já gastos? O vice presidente da câmara, Vítor Sousa, disse que: "mais vale assumirmos o erro do que continuar a enveredar por ele" Terá a sua razão. Mas quem irá ressarcir o erário público pelo erro que custou oito milhões? Os próprios autarcas socialistas de Braga? Uma questão que interessava ver respondida. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Onda andam os indignados?

por Nuno Gouveia, em 31.01.12

Maria José Morgado disse hoje que há magistrados de "pés descalços e a passar fome". Sendo que um magistrado em inicio de carreira ganha mais de dois mil euros, não sei como tal será possível. Será pela casa que alugam quando estão fora do local de residência? Ah, não pode ser. É que ainda têm um subsídio mensal para pagar o aluguer. Será que também vivem acima das possibilidades, como o nosso PR? Não sei. Mas será que os membros do clube dos indignados profissionais não ficaram um bocadinho incomodados com estas declarações da especialista em investigações falhadas?  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ele há o ano civil, o ano chinês e o ano judicial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Descubra as diferenças: Romão Lavadinho do Partido Comunista Português de Lisboa e Romão Lavadinho, ontem no prós e contras, como Presidente da Associação de Inquilinos de Lisboa. Qualquer semelhança entre a posição do PCP e da Associação sobre a lei das rendas é pura coincidência. Acrescento que sou inquilino em Lisboa e que esta não é a minha associação.   

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu gostava era de saber falar assim!!!

por Sofia Bragança Buchholz, em 31.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

está a sair cara a reforma de Cavaco Silva

por Rodrigo Moita de Deus, em 30.01.12

Cavaquistas defendem saída de Vítor Gaspar do Governo

Autoria e outros dados (tags, etc)

eu que não sou de intrigas

por Rodrigo Moita de Deus, em 30.01.12

Massamá está para este governo como a Travessa do Possolo esteve para outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dúvida

por Ana Margarida Craveiro, em 30.01.12

O que é um cavaquista? Tem nome?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amiguinho, o poder executivo não é em Belém. Para isso é preciso concorrer para S. Bento. Eu sei que começa tudo por B, mas ainda não é bem a mesma coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não sou de intrigas mas parece-me que

por Afonso Azevedo Neves, em 30.01.12

quando na CGTP se canta a Internacional há ali um sentimento de desconfiança.

 

Devem achar que o hino é demasiado libertário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Imagem da campanha da FNAC, intitulada “Cultura Renova-se” que incentiva a troca de um clássico - “Os Maias”, de Eça de Queiroz” - por um dos livros da série “Twilight”, de Stephanie Meyer. (mais sobre o assunto: aqui)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Seguro aceita a regra de ouro. Mas terá de ser numa "lei de valor reforçado". Continuo sem saber o que é uma lei de valor reforçado. Mas gosto deste princípio do Estado fazer uma lei que obrigue o Estado a cumprir uma lei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às vezes penso que o país merece mesmo a troika

por Rodrigo Moita de Deus, em 29.01.12

O Toy está na TVI vestido de Simone.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Continua mentiroso

por Nuno Gouveia, em 29.01.12

Não é novidade nenhuma. Miguel Sousa Tavares já nos habituou às suas crónicas repletas de mentiras ou erros factuais. O João Caetano Dias mostra-nos no Blasfémias mais uma. Um comentador com sérios problemas com a verdade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

outras maldades ao alberto da ponte (por email)

por Rodrigo Moita de Deus, em 28.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Umberto Eco e a identidade Europeia

por João Vacas, em 27.01.12

Vale a pena ser lido por eurofílicos e eurofóbicos, por crentes e por não crentes, por socialistas e por conservadores. Sobretudo por aqueles que têm pressa, muita pressa, em decretar a pátria e a identidade europeias que hoje poucos ou quase nenhuns sentem como suas.

O caminho para uma maior integração e para a compreensão mútua - "identidade comum" parece-me um objectivo excessivamente ambicioso e longínquo - passa mais pelas pessoas concretas e menos, muito menos, pelos decretos e pelas engenharias institucionais. E pelo passar do tempo. Por muito que isso lhes custe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Surdez

por falcao, em 27.01.12

Uma característica do nosso sistema partidário é a surdez selectiva. Passo a explicar – quando o PS está no poder os seus deputados fazem ouvidos de mercador a tudo quanto são dislates governativos ou de empresas públicas nas mais diversas áreas. Uma vez no Governo o PS tem tendência a deixar que todas as asneiras sejam tapadas pelo grande sol que nos ilumina. Claro que quando o PS passa à oposição todos os movimentos governamentais são suspeitos e as trivialidades anteriores passam a perigosas actuações.

 

Evidentemente que o inverso também se aplica ao PSD. Infelizmente os dois maiores partidos não gostam de reconhecer erros nem de reflectir sobre eles e esse é um dos grandes problemas do nosso sistema político. Vivemos na permanente luta entre o mal e o bem, que vão variando conforme os resultados eleitorais – o mal de ontem é o bem de hoje e por aí adiante. O sistema é esquizofrénico e o resultado está dramaticamente à vista.

 

Mesmo em áreas como a Cultura, que devia ser exemplar, o estrago é total - basta ler as extraordinárias intervenções actuais da senhora deputada Inês de Medeiros para me preocupar sobre o que ela andou a conter, provavelmente à custa de calmantes, durante os anos em que o PS desgovernou a pasta da Cultura, num metódico trabalho de criação do caos. Cá para mim alguém deve ter explicado à ex-ministra Isabel Pires de Lima que o caos podia potenciar a criatividade – e vai daí ela atirou-se afincadamente à “caotização” da Cultura, bem seguida aliás pelos seus sucessores na era socrática. O que eu acho curioso é que nessa época a deputada Medeiros tenha andado tão caladinha e agora esteja tão linguareira.

 

(In "A Esquina do Rio", Jornal de Negócios, à sexta)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Especialidade

por falcao, em 27.01.12

A revista do “Expresso” publicou na semana passada um trabalho sobre a vida de José Sócrates em Paris. O que retive na memória foi saber que, enquanto aluno numa universidade parisiense, beneficiava de um estatuto especial que lhe permite algumas práticas pouco usuais em matéria de escolha das disciplinas, frequência das aulas e realização de exames. Depois, voz amiga recordou-me: nada de novo com esse regime especial em Paris – por cá, enquanto na Universidade também viveu de regimes especiais desses. Em resumo, trata-se de um aluno especial, com hábitos especiais.

(in "A Esquina do Rio", Jornal de Negócios, às sextas)

Autoria e outros dados (tags, etc)

denúncia à inspeção geral do trabalho III (por email)

por Rodrigo Moita de Deus, em 27.01.12

Separadas à nascença

 

Luísa Ramos Dirigente do PCP de Almada e Luísa Ramos Presidente da Comissão de Utentes de transportes da margem sul e Luísa Ramos do movimento de utentes dos serviços públicos e Luísa Ramos da Comissão de Trabalhadores da TAP. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nova petição

por Nuno Gouveia, em 26.01.12

Já está online a petição contra o fim dos feriados? Ou o clube dos indignados profissionais anda distraído? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

denúncia à inspeção geral do trabalho II

por Rodrigo Moita de Deus, em 25.01.12

Ele também há um Carlos Moura na comissão dos utentes do monsanto. Aquela comissão de cidadãos que lutava contra os vários executivos da camara de lisboa. Sem fotografia disponível não acredito que seja o mesmo carlos moura da comissão de utentes da carris. O mesmo que foi vereador em Lisboa. O mesmo que é dirigente do PCP. Não acredito. Não pode ser. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda antes de opinar sobre o assunto queria só perguntar uma coisinha simples: alguém já tinha ouvido as ditas crónicas? Obrigado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

os limites da metáfora

por Alexandre Borges, em 25.01.12

Manifestante italiano mortalmente atropelado por motorista alemã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

descubra as diferenças

por Alexandre Borges, em 25.01.12

11 de Agosto de 2011

José Silva Rodrigues: "A fusão entre a Carris e o Metro é uma coisa sinistra."

 

24 de Janeiro de 2012

José Silva Rodrigues: "Estou disponível, como sempre estive, para servir o Estado." - Presidente da Carris não descarta integrar uma futura administração da empresa que resultar da fusão entre a Carris e o Metro de Lisboa

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

Vejo uma figura no Economico TV. Parece Manuel Monteiro com mais cinquenta anos. Parece. Mas assim longe. Começa as frases com "eu". Não tenho dúvidas. É mesmo Manuel Monteiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

ainda sobre o registo de interesses

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

não Filipe,

Vamos começar ao contrário. Eu não estou a discutir maçonaria, não estou a discutir transparência e também não estou a discutir procedimentos administrativos. O meu ponto sempre foi outro. Eu quero que os meus deputados tenham interesses. Muitos. Que tenham agenda. Muita. Que tenham causas. Muitas. Que tenham carreira. Redes de contactos e de influências. Quero que tenham vivido o mundo. Que o conheçam. O que não quero é este mundo tonto onde um deputado não pode votar matérias onde é parte interessada. O que não quero mesmo são deputados assépticos e esterilizados a caminho da profissionalização plena.

O país está a funcionar de compensações. Como não acreditamos nos políticos, como não conseguimos responsabilizar os políticos pelas decisões que tomam compensamos com a fiscalização prévia dos seus atos em género de obsessão voyeurística. E pumba. Temos cada vez mais deputados profissionais sem interesse ou interesses para registar.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por outro lado...

por Nuno Gouveia, em 24.01.12

Parece que agora não é aceitável que se critique Angola em Portugal. A seguir será a China? Antes que tal aconteça, aproveito já para deixar aqui o meu profundo repúdio pelo regime chinês. (Espero que não me cortem a luz). 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o resto não sei

por Nuno Gouveia, em 24.01.12

Então a RDP deixou de pagar as crónicas de rádio desta "cineasta obscena" e "pan-sexual"? E defensora da RDA e do regime comunista?  A pergunta que faço é esta: mas quem foi o incompetente que a contratou?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um bom post do PPM

Autoria e outros dados (tags, etc)

louvre killer

por Alexandre Borges, em 24.01.12

S. João da Madeira lança projecto de turismo industrial

 

A Câmara de S. João da Madeira, com o patrocínio da secretária de Estado do Turismo, vai lançar um projecto inovador de "turismo industrial". A ideia é atrair turistas para um circuito entre as fábricas do concelho, da Viarco à chapelaria, passando, entre outras, pela Cortadoria Nacional de Pêlo.

Agora é que vai ser. Agora é que vêm aí os charters de chineses.

Adeus, Louvre. Adeus, Prado. Vai ser tudo a correr para S. João da Madeira.

Sim porque, se por acaso, a humanidade descobrir de repente que andou a perder tempo e dinheiro em museus e se decidir enfiar em fábricas, não vai querer ver as alemãs nem as italianas nem as chinesas nem as americanas. Vem tudo para Portugal.

E, se a Autoeuropa se lembrar de fazer o mesmo, que fique com a clientela fácil do mainstream. São João é indie. Ver carros é como gostar de Celine Dion. Intelectual que se preze visita a Heliotêxtil.

 

P.S.: Os bilhetes podem ir até 18 euros. 18 euros. O Museu Nacional de Arte Antiga cobra 5, fora a lista de descontos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

denúncia à inspeção geral do trabalho

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

 

Carlos Moura. Mais um funcionário do partido comunista português obrigado pelas cúpulas burguesas do partido a cumprir a ilegal meia hora de trabalho extra o lugar de presidente da comissão de utentes da Carris. Ainda por cima ao fim-de-semana. É a jornada contínua.

Autoria e outros dados (tags, etc)

verdade desportiva

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

Gosto do Real Madrid TV. Depois dos jogos com o barcelona só passa jogos com juniores. Antes dos jogos só passa jogos com o Barcelona mas da década de oitenta. Daqueles em que o Real Madrid ganhava.

Autoria e outros dados (tags, etc)

outras vantagens de ser monárquico

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

Cavaco Silva disse ser o provedor do povo. O povo. Aquela coisa distante. A vantagem de ser monárquico é nestas coisas. Um rei não diz ser o provedor do povo. Nem diz ser do povo. Diz que é povo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

recebido por email

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

ainda a cópia privada

por Rodrigo Moita de Deus, em 23.01.12

Guardo este comentário sobre o assunto. E até compreendo. Mas não estou a discutir se são cinco ou dez centimos. Se é sobre as máquinas de fotocópias industriais ou sobre todas as máquinas de fotocópias. Isso é forma e trabalho para os deputados. O que me chateia ver discutido e dminuido é a questão da propriedade intelectual. O valor que damos à criação e às ideias. Tipo país do terceiro mundo. Haja acordo nesse princípio e tudo o resto tem solução.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Carlos Guimarães Pinto diz que estou a querer viver da pornografia alheia. Garanto que nunca tive a intenção de lhe dificultar o acesso à pornografia. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Badamerda (II)

por Sofia Bragança Buchholz, em 23.01.12

"A partir dos 50 anos, o doente mais barato é o doente morto". É este o Estado Social que queremos?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Badamerda

por Henrique Burnay, em 23.01.12

Ao telejornal regressam as histórias de velhos que vivem no interior do país e que não vão aos tratamentos em hospitais porque ficam longe e o Estado deixou de pagar estes transportes.

Estou-me a lixar para a necessidade de poupar, de racionalizar, não quero nem saber de casos fraudulentos. Não quero ser de um país que poupa dinheiro deixando morrer os mais fracos. É simples. Não é demagógico, é  apenas o limite da decência. Não façam pontes, não façam estradas, não façam teatros, apaguem as luzes, se for caso disso, mas isto não.

E se o Estado não puder, não for capaz, se alguém criar um fundo para pagar estas deslocações, eu contribuo.

Irra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Mesa do Chef

por Nuno Pombo, em 23.01.12

A gastronomia, para alguns, é uma ciência. Para outros, uma arte. Para muitos, a gastronomia, pura e simplesmente, não existe. É uma mera derivação da astronomia e pode ver-se por um canudo. 

Há quem goste de comer. E há quem goste de comer bem. Mas não são muitos os que gostam de pôr a mesa, a boa mesa, na conversa. É isso que faz o Raul Lufinha, com cuidado e com toda a atenção. Apetece lá ir, à Mesa do Chef, todos os dias. Só se serve um prato por dia. Não massa. Digo, não maça.     

Autoria e outros dados (tags, etc)

São bons ...

por Nuno Pombo, em 23.01.12

... mas caros, Rodrigo!

De facto, os sucessivos presidentes desta estafada república (e como se sucedem...) são os melhores advogados que a causa da Monarquia conhece. Podiam era ser mais baratinhos...  

Autoria e outros dados (tags, etc)

sei o que assinaste em maio passado

por Rodrigo Moita de Deus, em 23.01.12
Trabalhamos a meia hora extra para ler mesmo o memorando da troika e depois comparar com as declarações públicas que o PS tem feito sobre as principais medidas. Os achados são extraordinários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A hipocrisia bloquista

por Nuno Gouveia, em 22.01.12

Ana Drago vai de carro e motorista


Imagine-se o que diria o pregador Francisco Louçã se esta situação se passasse com um deputado de outro partido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda Cavaco Silva

por João Ferreira do Amaral, em 21.01.12

O Rodrigo tem razão. Presidente da República e Chefia de Estado não conjugam. De Arriaga a Cavaco, tem sido sempre a mesma tristeza.

Mas julgo que neste caso o povo não está a ser justo. O Presidente apenas lamentava publicamente o descontrolo do lado da despesa no seu orçamento familiar. Apesar das receitas terem subido, a Primeira Dama acumula défices atrás de défices e as agências de notação atiraram-lhe o rating da dívida para o lixo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cavaco silva

por Rodrigo Moita de Deus, em 21.01.12
A causa monárquica nao tem melhores advogados que os presidentes da républica

Autoria e outros dados (tags, etc)

A solução para a crise

por Nuno Gouveia, em 21.01.12

Carolina Madeira, bióloga de 23 anos, tem para oferecer “Abraços Grátis” e explica que veio com os amigos para defender que “a mudança começa em nós, se partilharmos os nosso sonhos com amor”. Num placard branco sobre rodas Carolina e amigos convidam os manifestantes a deixar escritos as suas “visões, sonhos e soluções para Portugal”. No Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

recebido por email

por Rodrigo Moita de Deus, em 21.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Grécia não está derrotada!

por Luís Filipe Coimbra, em 21.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

mais uma nota sobre o registo de interesses

por Rodrigo Moita de Deus, em 20.01.12

Profissões, bens pessoais, património, heranças e associações. São tantos os interesses que querem registar que para chegarmos a deputados é preciso ser-se desinteressante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu também quero jantar com Gabriela Canavilhas

por Jacinto Bettencourt, em 19.01.12

A propósito do que o Rodrigo tem escrito em baixo, acrescento o seguinte:

 

1. Taxas sobre equipamentos destinadas a compensar autores pela designada excepção da cópia privada (i.e., uma excepção ao direito do titular do direito de autor de permitir ou impedir a reprodução da obra) têm origem no direito dos autores a uma compensação justa cuja atribuição é prevista no artigo 5, n.º 5, da Directiva 2001/29/CE (também conhecida por Directiva da Sociedade de Informação).

 

2. A possibilidade de cópia privada, nos países onde a mesma é autorizada, assenta numa presunção: de que a reprodução da obra é efectuada para fins não comerciais.

 

3. Portugal, Holanda, Bélgica, Alemanha, Áustria, Estados Unidos da América, França, Suíça, Suécia, entre muitos outros países, prevêem taxas sobre equipamentos e meios de transmissão e armazenamento. Não deixa de ser curioso o facto deste sistema de compensação ter nascido nos EUA. E a solução legislativa ora discutida Portugal apenas corrige uma lacuna (ou desactualização) do diploma; não inventa nem experimenta nada de novo.

 

4. Se levarmos às últimas consequências o argumento de que a aplicação das taxas em discussão presume indevidamente que os equipamentos e meios se destinam à reprodução de obras protegidas, rejeitando a bondade de tal presunção, a consequência pode bem ser a de os autores não aceitarem a presunção acima referida no ponto 2 e a cópia privada ser pura e simplesmente excluída. É a solução do Reino Unido. Suspeito que não será este trade-off a satisfazer os adversários desta alteração legislativa. 

 

5. Está por demonstrar que os mecanismos de DRM são eficazes no que se refere à compensação dos autores (ou, pelo menos, mais eficazes do que a gestão do produto das taxas pelas entidades de gestão colectiva de direitos). Por outro lado, está mais do que demonstrado de que os Estados europeus não podem continuar a compensar sectores privados (como se prevê, a partir deste ano, em Espanha) por tudo e por nada.

 

6. Diz o Rodrigo, e muito bem, que "só há economia criativa se a propriedade inteletual estiver protegida". Um comentador mal-criado escarneceu, reflectindo o grave problema cultural que este nosso país tem não apenas com a criação mas também com a invenção. É óbvio que não existe criatividade e inovação se o resultado do esforço criativo ou inventor não for remunerado. É óbvio e sabido que tal remuneração é possível através de um direito de exclusivo. É também sabido que o sistema de propriedade industrial, por exemplo, contribui bem mais para o progresso do que a alternativa -- o segredo ou a protecção da obra ou invenção -- na medida em que o registo/protecção permitem a divulgação e publicitação da obra/invenção junto de outros autores e concorrentes. Acrescento ainda, para os que acham que os autores vivem (ou devem viver) da mera satisfação moral que o resultado do seu esforço lhes dá, que no que à criatividade diz respeito, o direito de propriedade intelectual assegura, em primeira linha, ao titular do mesmo, o respectivo direito a ser reconhecido como o criador da obra, direito este que aliás merece protecção constitucional. 

 

7. Bem mais interessante que a mera reafirmação do sistema de compensação de cópia privada que já temos e que a generalidade dos legisladores ocidentais adopta, é, por exemplo, a discussão sobre o acórdão Padawan vs SGAE e a admissibilidade, ou não, da aplicação das taxas em questão na venda deequipamentos que se destinam a uso profissional. Mas isto talvez seja complexo de mais para quem ainda se entretém a defender o sistema de contrafacção e imitação do Vale do Ave...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viva a Festa Brava!

por João Ferreira do Amaral, em 19.01.12

A petição com 7000 assinaturas que pretendia ver proibidas as corridas de touros em Portugal foi categoricamente chumbada no Parlamento.

Só o BE e o PEV estiveram ao lado dos peticionários. PSD, PS, CDS e PCP afirmaram-se contra a proibição. Ainda bem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3






31 multimedia


Shopping 31





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Links

VÁ PASSEAR, pá


Site Meter


subscrever feeds