Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Kátia Guerreiro confessou-se chocada com as descriminações que «as gentes» do interior poderiam sentir caso o aborto fosse despenalizado, uma vez que não disporiam do mesmo nível de informação e assistência médica disponível na centralista Lisboa.

É um facto que as assimetrias regionais são um dos grandes males deste país. Mas nesse caso a questão nem se colocaria, querida Kátia. Afinal a abortista Espanha é ali bem perto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Yuri a 30.01.2007 às 09:22

Mas, a propósito, atente-se: existem cidades do litoral a menos tempo de distância de Espanha do que aldeias do interior...
Sem imagem de perfil

De Yuri a 30.01.2007 às 09:24

E, já agora, da minha vila a Salamanca, Zamora, León, Burgos, Saragoça, posso ir sempre por auto-estrada à borla! Da minha vila a Lisboa... nem por isso!
Sem imagem de perfil

De Edite Estrela a 01.02.2007 às 11:30

Discriminações, discriminações... Ah, gentinha iletrada!

Comentar post