Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cristo desceu à blogosfera

por Paulo Pinto Mascarenhas, em 07.02.07
TV Bloco

Achei muita piada à resposta de Ricardo Araújo Pereira no blogue Gato Fedorento - presumo que desta vez posso acreditar que aquilo é mesmo para mim, ao contrário do que acontece com a personagem do programa a que se refere. É porém muito difícil de responder a quem entra no domínio do sobrenatural, misturando Alexandra Solnado, Jesus e diversos poderes censórios de gente muito poderosa. Como nota prévia, agradeço também penhorado a RAP que tenha descido da sua cruz mediática, dignando-se a esclarecer um comum mortal, um mero bloguiador que realmente não está ao nível de estrelas do quilate de um morango com açúcar, de um gato fedorento ou de uma floribela. Mas, repito, é mesmo muito difícil de lhe responder, sobretudo porque todo o texto do humorista parte de um pressuposto falso: o de que eu teria a "convicção firme" de que uma "certa personagem" que interpretou no último domingo estaria a falar comigo.

Explicando por miúdos, para quem não está a par da história: a tal personagem inventada pelos GF e que, por mero acaso, usava diversas expressões que escrevi num texto aqui no 31 da Armada - "pluralismo democrático", por exemplo - levou a que uma jornalista do 24Horas me telefonasse para a revista de que sou director a perguntar se me sentia retratado. Respondi-lhe que obviamente que não e que seria aliás uma honra descabida se tal fosse verdade. Foi isso que saiu numa coluna que acompanhava a notícia de uma página com a resposta de RAP às críticas dirigidas aos Gato Fedorento a propósito da caricatura do Prof. Marcelo. No meu comentário publicado aqui e no blogue da Revista Atlântico - limito-me de novo a responder - em meu nome e das mais diversas minorias citadas pelo próprio - ao que é dado por adquirido numa notícia do "DN" de que o humorista é aparentemente a única fonte.

E o que diz a notícia? Passo a citar: "vários críticos, sobretudo na blogosfera, entre aplausos, defenderam que a rábula seria uma forma de os Gato tomarem o partido do 'sim' no dito referendo. E, para que a imparcialidade fosse conseguida, sugeriam que o quarteto desse eco da posição contrária. Críticas que explicam o aparecimento de um provedor do telespectador, encarnado por RAP (na foto), e não qualquer género de pressão da RTP ou do seu provedor."

Mais: "As 'vozes críticas usam argumentos bizarros' que partem de uma 'premissa errada', defende o humorista. 'A nossa ideia não era manifestarmo-nos favoráveis ao 'sim'', mas 'criticar Marcelo [Rebelo de Sousa] por tomar uma posição no referendo'. Uma crítica, aliás, igual às que vieram 'dos partidários dos dois lados da campanha', reforça. Isto apesar de 'nós os quatro nunca termos feito segredo de que votamos 'sim' no referendo ou das nossas opções clubísticas. Parece-nos honesto', acrescenta. É motivo para perguntar se Herman José tinha razão quando avisou que não iam ter tarefa fácil assim que entrassem em campos difíceis? "Mandei-lhe uma SMS a dizer: 'Estou-lhe a escrever para lhe dar razão'", revela RAP."

Depois da dita revelação de RAP - cá está, a presença do sobrenatural - a dita notícia segue por ali em diante, com outros pormenores diversos, mas nunca falando do que agora ficamos aparentemente a saber através do blogue dos próprios: os Gato têm afinal sido alvo de diversas tentativas de censura por parte de "gente poderosa", incluindo recados com ameaças. A que a RTP e os próprios têm resistido estoicamente. E muito bem, claro. Só fica a dúvida porque se confundiu, em todas as notícias sobre o assunto, essas repetidas ameaças de gente poderosa com as meras críticas de meros bloguiadores. A culpa deve - só pode - ser dos mensageiros.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De venhammaiscinco a 07.02.2007 às 19:17

Peço desculpa por me atrever a opinar, estando na presença virtual de uma 'estrela com o quilate' de PPM (como nunca sei qual é o nome, assim é mais fácil de decorar), mas concordo com ele quando diz que o Ricardo Araújo Pereira tem que 'descer' para falar com / ou sobre ele.
Há pessoas que, por mais que se metam em bicos de pés, nunca chegam nem aos calcanhares de outras... Não é PPM?
Mafalda
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2007 às 19:49

Mafalda,

todos concordamos consigo e por esse mesmo motivo pedimos-lhe que, antes de falar com alguém deste blogue, faça um pedido por escrito, justificando os respectivos motivos. De outra forma, a desordem é excessiva.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2007 às 21:33

a
Sem imagem de perfil

De O Catraio a 11.02.2007 às 17:09

Sugiro que o 31 de Armada passe mesmo a adoptar medidas burocráticas para se comentar neste blog que, mais do que público, representa uma religião. É sempre divertido ver indivíduos deste calibre a regredirem ao nível da plebe para usar do humor como arma de agressão. Não é que eu não ache que gente como PPM não pode usar do humor. Até deviam usar mais para descontrair os danificados cérebros. Julgo, tão somente, que não devem ceder a provocações baratas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.03.2007 às 00:54

Catraio, vá para o quarto de castigo que voce nao tem idade para estar aqui. XÕ, ó palhacinho.
Sem imagem de perfil

De alguem a 11.03.2007 às 21:13

isto tem um nome: Censura
Sem imagem de perfil

De La Tino a 25.02.2007 às 02:45

"Peço desculpa por me atrever a opinar"

Pois se quiser opinar comigo esteja à vontade, não precisa de pedir desculpa.
Sem imagem de perfil

De maria a 08.03.2007 às 15:25

O que verdeiramente incomoda PPM é a existência de inteligência à esquerda, facto que o velho jornal " O Independente", o do PP e MEC, quase conseguiu negar, instalando a ideia de que tudo aquilo que não fosse conservador era de mau gosto, fora de moda, enfim," terrivelmente possidónio". Ricardo Araújo Pereira não é conservador e, pior, topa-lhes(aos que são) os tiques e a hipocrisia, sendo, hoje, um fazedor de opinião temível. Onde dói mais: no grupo etário que vai dos 15 aos 35 anos. E é disso que PPM tem medo. No lugar dele, também eu tinha.
Sem imagem de perfil

De Joao Costa a 08.03.2007 às 16:42

MAS QUEM È PPM ?

"FARTO FARTO de "Fulanos" que querem protagonismo"

Não tens mulher em casa PPM ?

Èpa vai Procriar
Sem imagem de perfil

De FNN a 19.04.2007 às 13:02

estava eu à procura de um site que me explicasse como assistir às gravaçoes do programa dos Gato, e dou por mim a rir-me "à parva" num blogue de alguém que nunca tinha ouvido falar até hoje... Paulo Pinto Mascarenhas... Como isto dos blogues puxa sempre ao comentar por comentar, não resisti e juntei-me à parvoeira instalada, comentando. Visto que não conheço PPM, peço desculpa, Paulo Pinto Mascarenhas pessoalmente, nem são essas as minhas aspirações, limito-me a opinar sobre os comentários que ele, peço desculpa, que este senhor escreve. Transparecem neles uma certa ideia de (pseudo-)intelectualismo e mania das grandezas, que não é deveras apropriada. O certo é que consigo imaginar o aumento de visitas que este blogue recebeu após isto tudo ter começado. Objectivo cumprido, imagino eu...
Como é possível não aplaudir (de pé) a lufada de ar fresco que os Gato nos deram nestes últimos anos?? Quanto a determinados sketchs, uns melhores (a maioria) outros piores, há sempre alguém susceptível de levar a mal... se não fosse assim, não tinham tanta piada... Portanto relaxem o vosso pipi e não queiram fazer dos Gato (neste caso em concreto do RAP) o estandarte da derrota do Não no referendo.
Quanto aos palermóides que afirmam que os Gato fedorento estão a cair em desgraça... devem andar a beber outra coisa em vez do leitinho...
E já agora, um último comentário em relação ao título deste post... Comparar RAP a Cristo é muito infeliz. Como se sabe, o último teve uma vida curta, enquanto RAP parece-me com capacidades para aguentar muito mais.
Tenho dito. Isto foi mais fácil que ter um blogue com opiniões estapafúrdias.

FNN (já que está na moda ter o nome em 3 iniciais...)

Comentar post