Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É pena

por Henrique Burnay, em 08.02.07
Se o Ricardo Araújo Pereira fosse um tipo decente, já que veio à blogosfera comentar o assunto, tinha aproveitado para dizer aos comentadores (não preciso de dar exemplos, pois não?) - e não ao Paulo (é esse o ponto) – que a rábula do provedor nada tinha que ver com o Paulo Mascarenhas. Em vez disso, fez músculo e um texto parvo.
E se fosse corajoso  - coisa que ninguém pode exigir a ninguém – tinha dito quem eram os pequenos poderes que os tentaram intimidar. Em vez disso, insinuou. E terá enviado um sms.
Quem acha que um bom humorista tem que ser um tipo decente ou corajoso é capaz de ter ficado desiludido. Acontece muito a quem tem ilusões sobre a natureza humana ou se fascina com a fama. É pena.

Sobre o assunto principal já disse o que tinha a dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.02.2007 às 10:36

Cheguei agora e não estava a perceber nada. Obrigado por este momento de humor, ler os vossos posts antigos do acidental foi um delirio. É curioso observar como as pessoas reagem à sua própria estupidez. É claro que é vossa, o comentário absurdo partiu de vós. Mas são coisas que não são novas, deve ser do adn, corre no sangue partidário criar este tipo de luta. julgam-se os maiores do largo do caldas, donos do verdade e da razão, todos os outros são seres anormais estúpidos e ignóbeis. quem não joga o vosso jogo é alvo... coitados, perdoai-os porque eles sabem o que fazem, não têm entendem que este tipo de atitude, no alto da vossa cristandade, só serve para uma coisa - aliás seria interessante - na vossa senda da mediatização, saber, não quantos leitores tem este blog, mas quantos leitores perdem o respeito por vocês, obviamente, por post. Bem haja a estupidez humana.
Sem imagem de perfil

De JB a 08.02.2007 às 12:16

Caro anónimo,

eu confesso: existem, de facto, pessoas anormais, estúpidas e ignóbeis... coitadas. Caso de V.ª Ex.ª., que não sabe ler, nem sabe conversar.

Comentar post