Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É pena

por Henrique Burnay, em 08.02.07
Se o Ricardo Araújo Pereira fosse um tipo decente, já que veio à blogosfera comentar o assunto, tinha aproveitado para dizer aos comentadores (não preciso de dar exemplos, pois não?) - e não ao Paulo (é esse o ponto) – que a rábula do provedor nada tinha que ver com o Paulo Mascarenhas. Em vez disso, fez músculo e um texto parvo.
E se fosse corajoso  - coisa que ninguém pode exigir a ninguém – tinha dito quem eram os pequenos poderes que os tentaram intimidar. Em vez disso, insinuou. E terá enviado um sms.
Quem acha que um bom humorista tem que ser um tipo decente ou corajoso é capaz de ter ficado desiludido. Acontece muito a quem tem ilusões sobre a natureza humana ou se fascina com a fama. É pena.

Sobre o assunto principal já disse o que tinha a dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.02.2007 às 12:04

A malta continua sem perceber que qualquer um pode expressar o seu descontentamento em relação aos gatos, sendo que a resposta "não penses assim porque..." é redundante.

Se quiserem exprimir o que sentem, força, fazem bem, vou ler. Qualquer opinião que tenham sobre uma afirmação que é idiossincrática, que não se baseia em juízos objectivos, é irrelevante - poupem a saliva ou o latim.

Desde que o PPM disse "Espero que ele agora faça outro vídeo..." que continua-se sem perceber esta diferença fundamental - ele não disse "Devia fazer...".

Comentar post