Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dar no cavalo

por lucianoamaral, em 28.11.06

Segundo o Presidente do Sudão, não há nenhum genocídio em curso no país. Não morreram nada 400.000 pessoas. Nas palavras do próprio, "nem sequer morreram 9.000". Ora, o que são 9.000 pessoas (8.000 e tal, vá lá) comparadas com o trágico flagelo das cheias em Portugal? E quem disser o contrário faz parte de uma gigantesca conspiração internacional comandada por Israel e com "fontes obscuras de financiamento". Que o diga a Diana.

Autoria e outros dados (tags, etc)