Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um bilhetinho à Menina Maria João Marques, a insurgente

por Afonso Azevedo Neves, em 21.08.09

A propósito deste post de Maria João Marques deixo aqui a resposta de António Nogueira Leite (este nota é aqui posta depois de algumas dúvidas que pelos vistos causou em boa gente)

 

 

 

Para começo de conversa esclareço que não pretendo fazê-la passar pelo vexame público que patenteou quando há umas semanas decidiu importunar a menina Fernanda Câncio. Ao contrário dela, eu sou cristão (católico, para seu descanso) e crente piedoso na prática da caridade e na procura permanente da paz.


Devo dizer que é para mim uma enorme satisfação não a conhecer pessoalmente, condição em que ,rezo a Deus, tenciono persistir. De facto, ao ler os escritos blogosféricos assinados por “Maria João Marques” imaginei, sem quaisquer ironias gratuitas, que não se podia tratar de uma pessoa com cabeça, tronco e membros, mas antes de um nick para um grupo sectários adeptos fanatizados e permanentemente mal humorados da dra. Manuela Leite. Não acreditei, e ainda hoje me custa a acreditar, que uma criatura de Deus, dotada de um módico de racionalidade e de humanidade possa ser simultaneamente, tão simplória de raciocínio, tão sistematicamente enviesada, tão aviltantemente maldizente e mal intencionada….enfim, dar em permanência uma nota tão triste de si própria.


Vim a saber que afinal existe e é por isso que tenho pena de si e das suas tão ubíquas limitações. Et pour cause, repito, não tenciono fazê-la exibir ainda pior figura. É claro que a tentação é muita dado que, porventura sem controlo, tem passado as semanas e os meses a vilipendiar muitos dos meus amigos e conhecidos, pessoas que respeito e que têm carácter e boas qualidades. Mesmo assim, a minha educação moral prevalece, porventura mal, sobre o meu instinto.


Todavia, há quatro ideias muito singelas que seria muito bom para todos que a menina entendesse.


1.Dá-me imensa satisfação o facto por si tão alarvemente alardeado de nunca ter ouvido falar de mim, facto aliás repetido ad nauseam por alguns dos seus amiguinhos mais rabinos de nome Botelho e Martins. Se algum dia tiverem um mínimo de notoriedade pública perceberão o quanto liberta não se ser permanentemente reconhecido.


2. Fica-lhe muito mal, no seu estado, insinuar que possa ter qualquer atenção especial por si. Para além de se tratar de uma brejeirice imprópria de mulher que presumo casada, é caminho certo para uma enorme desilusão. Proteja-se!


3. Fica-lhe ainda pior tentar perturbar a minha harmonia familiar. Felizmente, que as circunstâncias permitirão, em caso de necessidade, que a minha mulher possa ler os seus devaneios e, last but not least, ver o seu retrato no Económico (um verdadeiro álibi face às suas despudoradas provocações, com os devidos agradecimentos ao Criador, que a fez assim, e ao António Costa que acedeu à sua impressão).


4. Tal como já pode experimentar no passado recente com outros alvos dos seus furores, o excesso de petulância pode obrigá-la a fazer o que não quer. Por isso, aproveite a minha boa vontade e espírito cristão e mantenha-se aí no seu lugar, por amor de Deus.


Com a consideração que me merece,



Antonio Nogueira Leite

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ a 21.08.2009 às 21:08


PS defende hasteamento da bandeira Nazi no parlamento
Augusto Santos Silva do PS chamou Manuela Ferreira Leite de asfixia democrática por os deputados do PSD/Madeira terem recusado o hasteamento da bandeira Nazi no parlamento.
O PS está mesmo em mutação.
 A semana passada chamou a policia pela bandeira da monarquia, hoje defende a presença da bandeira Nazi no parlamento.
http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ (http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/)
Sem imagem de perfil

De Alexandre Kulcinskaia a 22.08.2009 às 11:33

Tipica discussão de comadres...
_______________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/
Sem imagem de perfil

De fado alexandrino a 22.08.2009 às 18:35


Quando no post se chama "meninas" a quem queremos insultar, perde-se um bocadinho o pé o que aliás é confirmado pelo elogio que CAA lhe faz.
Más companhias.
Sem imagem de perfil

De S. Correia a 22.08.2009 às 19:34

Mas que paternalismo tão sem jeito! Um pouquinho de humildade intelectual não lhe ficava nada mal, senhor professor.
Sem imagem de perfil

De carlos Silva a 22.08.2009 às 19:45


Foi gira não foi?!! lol
E A RTP é estatista?!!

<object width="425" height="344"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/QuzDrC3i2ws&hl=pt-br&fs=1&"></param><param (http://www.youtube.com/v/QuzDrC3i2ws&hl=pt-br&fs=1&"></param><param) name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/QuzDrC3i2ws&hl=pt-br&fs=1 (http://www.youtube.com/v/QuzDrC3i2ws&hl=pt-br&fs=1)&" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="425" height="344"></embed></object>
Sem imagem de perfil

De acabl a 22.08.2009 às 22:40

Boa noite.
O Nogueira Leite até me parece um tipo correcto quando o vejo intervir nas televisões e não me pareceu incorrecto o seu texto que aqui se refere.
Se bem li o que agora escreve, a ameaça é que me parece demasiada, pese saber que cada qual sente como sente.
Imagem de perfil

De Carlos Botelho a 22.08.2009 às 23:36

Mas o homem não tem vergonha de escrever uma coisa destas?...
(A referência ao Botelho, sinceramente, não a entendi.)
E o Afonso Azevedo Neves - sem ironia - não se envergonha de publicar isto?
Está tudo doido?
Imagem de perfil

De Luis Rainha a 24.08.2009 às 13:31

Além da má educação, convinha deixar à porta expressões importadas à pressa como "de um módico de". Usar adjectivos à laia de substantivos não faz muito pela já pobre clareza da prosa.
Sem imagem de perfil

De Zé a 13.12.2012 às 15:50

Nunca pensei ver neste blog a defesa dos XUXALISTAS! Mas o tempo não pára e a decrescente qualidade dos artigos também não...

Comentar post