Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Soneto a Sá Fernandes

por DBH, em 01.09.09

 

"Transforma-se o amador na cousa amada,
Por virtude do muito imaginar;
Não tenho logo mais que desejar,
Pois em mim tenho a parte desejada."

 

LVC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)