Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




quase tive pena da senhora

por Carlos Nunes Lopes, em 02.09.09

Na entrevista de ontem, José Sócrates tentou dizer aos portugueses - e à classe  docente - que nada teve a ver com o processo de avaliação do desempenho docente.

Não tinha uma boa impressão da "Ministra da guerra". Ontem cheguei à conclusão que o Primeiro-ministro consegue ser bem pior que esta. Sócrates não teve qualquer pudor em desmaracar-se da sua Ministra preferida ou mesmo das suas próprias posições.

Nem Maria de Lurdes Rodrigues merecia isto do Primeiro-ministro.

Para Sócrates vale tudo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Respública a 02.09.2009 às 16:25

Sim, de facto a ministra é mais integra do que sócrates.
Sem imagem de perfil

De blogdaping a 02.09.2009 às 16:47

Como dizia o outro:
-É política...
Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 02.09.2009 às 17:08

Mas qual é a surpresa?
Este é o Primeiro-Ministro que reclama o mérito de tudo o que corre bem e não ter nada a ver com o que quer que corra mal. Alguém esperava outra coisa dele?
Sem imagem de perfil

De Respública a 02.09.2009 às 17:40

É habito do Sócrates...
http://www.youtube.com/watch?v=jS39sjTJwIU (http://www.youtube.com/watch?v=jS39sjTJwIU)
Sem imagem de perfil

De Fernando Martins a 02.09.2009 às 17:52

Estão os dois bem um para o outro - e hoje a TSF passou umas declarações fantásticas de MLR:

"

Caso o PS ganhe as eleições, Maria de Lurdes Rodrigues não exclui a possibilidade de voltar a ser ministra.

«É muito importante respeitar pelo processo eleitoral e esperar pela manifestação da vontade dos portugueses e depois, então, falamos», concluiu.

"

Já agora, há uma gralha no texto, em <i>desmaracar-se</i>...

Comentar post