Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nas últimas autárquicas Carmona Rodrigues apresentou-se com dois cartazes. No primeiro, rapidamente substituído, o candidato aparecia rodeado de uma mão mal cheia de gente anónima. Parecia um politico só, sem amigos. No segundo, o eficaz, Carmona aparecia de mangas arregaçadas, em pose de Marquês de Pombal moderno, um fazedor. Foi assim que foi eleito.
Ao mesmo tempo, Marques Mendes candidatava Carmona, pirateando Santana e saneando o infecto Isaltino.
O equívoco parece evidente e a malandrice correu mal. O Carmona das mangas arregaçadas não tem grande obra para mostrar, o Carmona político, não resistiu à politica e o Marques Mendes dos autarcas impolutos carrega às costas a maior embrulhada autárquica do País. Os erros de casting, mesmo os mais óbvios, são caros.

Autoria e outros dados (tags, etc)