Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Zeca Afonso e Zeca Sócrates

por Paulo Pinto Mascarenhas, em 23.02.07

http://jazza-memuito.blogspot.com
europa

A propósito do Zeca, hoje às 19h00 do "contenente" pode ligar a sua rádio ou o seu transistor em 90.4 FM e escutar as vozes melodiosas e grandiloquentes de Pedro Marques Lopes e Rodrigo Moita de Deus. No "Descubra as Diferenças" da Rádio Europa, como sempre, estarão também Antonieta Lopes da Costa - pela esquerda - e este vosso humilde servidor (moi même) em nome da Revista Atlântico. Em cima da mesa, assuntos tão fundamentais para o futuro da humanidade como os dois anos de governo de Zeca Sócrates - aliás, Engº. José Sócrates -, mas também a demissão e correspondente recandidatura de Alberto João Jardim. Para além disso, ainda se abordarão temas de interesse público como a OPA-da-Sonae-sobre-a-PT-que-nunca-mais-acontece; o Irão e se os Estados Unidos realmente lá irão; ou ainda a demissão de Romano Prodi. Tudo para terminar em beleza com uma homenagem singela mas sincera a Zeca Afonso - aliás, José Afonso - que é património de todos. Repete no domingo às 11h e de novo às 19h, mais coisa menos coisas.

Pode ouvir também no seu computador (aqui) ou na TVCabo

[Publicidade a dobrar na Atlântico]

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 23.02.2007 às 19:25

e o Borges?
Imagem de perfil

De Paulo Pinto Mascarenhas a 23.02.2007 às 20:04

O Borges? O Alexandre? Vai num próximo sem falta. Mas está a falar do Borges, porquê, Isa?
Sem imagem de perfil

De isa a 23.02.2007 às 21:26

N, o Borges em alternativa ao marques mendes. n tou a gozar.
Sem imagem de perfil

De 123 a 25.02.2007 às 13:25

Depois de terem convidado o seboso do Daniel Oliveira só faltava ouvir o Zeca Afonso no Descubra as Diferenças. Digo faltava porque já não falta. Desconhecem intelectuais, opinadores, artistas à Direita para até nas únicas janelas de «ar fresco» termos de levar com os ícones e vozes da extrema-esquerda?? Não se percebe por que tal acontece e seguramente não é por cortesia porque junto da da extrema-esquerda não se descortina tolerância, diálogo ou espírito democrático ou uma atitude semelhante à vossa. Portanto vejam se se concentram no fundamental, na vossa missão, e deixem de piscar o olho aos herdeiros dos tiros na nuca e dos campos de concentração para os que não opinavam como eles. Os senhores não tem de lhes agradar nem de lhes pedir licença para se exprimirem. O que se espera de vós é que tragam ideias, vozes e artistas do vosso/nosso campo político e não zecas e danis.

«Património de todos», oh Paulo vai-te catar!

Comentar post