Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu sei que tu sabes que eu sei, parte II

por Vítor Cunha, em 24.02.07

Em entrevista ao Expresso, a vereadora do CDS deixa em aberto a possibilidade de Carmona Rodrigues ser substituído por outro vereador: ‘‘Qualquer pessoa com bom senso que fosse presidente do PSD já tinha colocado a última solução que tem ali, imediatamente a seguir à saída do vereador Fontão de Carvalho. É pôr à frente da CML uma pessoa que poderia dar o refrescamento, que poderia restabelecer a confiança interna e externa, embora com dificuldades, reconheço”.

Nogueira Pinto recusa-se a dizer quem seria esse vereador capaz de descomprimir o ambiente nos Paços do Concelho, mas, segundo o Expresso apurou, a eleita do CDS veria com bons olhos a substituição de Carmona por Marina Ferreira, actual número dois da Câmara. De qualquer modo, Nogueira Pinto não considera a hipótese de voltar a coligar-se com o PSD. Apenas se compromete a ‘‘não fazer obstrução’’.

Caso Marques Mendes não siga esse caminho, Zezinha considera que o líder do PSD tem o seu futuro traçado. ‘‘Ele ainda não percebeu que, ou toma conta de Lisboa, ou Lisboa vai dar cabo dele. Se não toma providências, Marques Mendes vai perder o partido a partir de Lisboa’’, sentencia a vereadora.

Se Mendes nada fizer, e se o PS decidir ir a eleições, a dirigente do CDS não vê alternativa à ida às urnas. E antevê uma campanha em que o seu principal alvo será o PSD que, diz, a vê ‘‘como uma grande adversária’’. ‘‘O PSD de Lisboa tem medo que eu conte a verdadeira história da Baixa-Chiado, da ruptura da coligação, da Gebalis’’, afirma, garantindo que só o fará ‘‘em legítima defesa’’. Para já, e depois de ter sido envolvida no relatório sobre irregularidades na Gebalis, Nogueira Pinto promete avançar com um processo judicial por difamação contra Sérgio Lipari.


in Expresso, 24 Fev

Autoria e outros dados (tags, etc)