Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No consultório certo

por Francisco Mendes da Silva, em 27.02.07

Eu não gosto de Zeca Afonso. Serei fascista? Eu gosto de Dexy's Midnight Runners, Manic Street Preachers, Woody Guthrie, Billy Bragg e Housemartins. Serei comunista? Daniel, ajuda-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De caramelo a 27.02.2007 às 14:42

O Billy Bragg e o Woody Guthrie? Ah, pois! Tem uma melodias catitas, não é?


Mas agora, por causa desse teu post, o Rodrigo vai fazer mais vinte posts a indignar-se contra quem ousa separar a arte da politica, ou coisa assim. Tás feito, méne.

juizinho, mazé.

E Zé Mario Branco, méne? Gostas do gajo?
Sem imagem de perfil

De black cherry a 27.02.2007 às 15:22

Não. A avaliar pelos gostos musicais não és comunista. Mas és seguramente um parolo que cristalizou nos anos 80. Em termos musicais , claro.
Sem imagem de perfil

De caramelo a 27.02.2007 às 15:48

Francisco, o Dr. Rui Castro, ali em cima, diz que é uma espécie de esquizofrenia. Pronto.
Imagem de perfil

De Francisco Mendes da Silva a 27.02.2007 às 15:53

Não, caro Black Cherry. O problema é que, com a excepçção dos Manics, não me lembro de qualquer banda comunista aceitável depois dos anos 80. E não me fale, por favor, dos Rage Against The Machine.
Sem imagem de perfil

De R. Casanova a 27.02.2007 às 16:42

Francisco, também não me ocorreu mais ninguém, mas or RHCP estão pelo menos tão à esquerda quanto os Manics (e não fazem música pior).
Aliás, o que é que isto tudo tem a ver com música é que eu não percebo. Espero que continue a ser possível gostar de Céline sem se ser reaccionário, e que seja possível não gostar da poesia do Pound por motivos estéticos, sem que isso implique necessariamente uma posição moral sobre a personalidade do homem. Enfim...
(Mas a ideia de ser um parolo cristalizado nos anos 80 parece-me bastante recomendável. Se fosse a ti, mandava fazer um crachá.)
Imagem de perfil

De Francisco Mendes da Silva a 27.02.2007 às 17:32

That's my point, Rogério. Vai é explicá-lo ao Daniel Oliveira, que acha que um tipo que não gosta do Zeca só pode ser fascista.
Sem imagem de perfil

De Sober a 27.02.2007 às 16:44

Francisco,
nem os RATM são exemplo. Porque mais de que uma banda os RATM eram (são) um partido político. De extrem esquerda, diga-se. Amén.
Sem imagem de perfil

De Daniel Oliveira a 28.02.2007 às 17:21

Quem misturou gosto musical com política foram aqui os 31's. Agora não se queixem.

Comentar post