Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




PT: a vitória dos accionistas

por Vítor Cunha, em 02.03.07
Ao contrário do que possa pensar-se, dizer-se, ou até escrever-se, uma maioria clara dos accionistas da PT (em que os «privados» representam cerca de 95%) recusou o modelo e a proposta da SONAE. Não foi a «golden-share» nem o banco público quem desequilibrou. Foram os accionistas privados. Extrair destes factos grandes ilações políticas sobre o peso do Estado na economia pode ser útil no calor de uma conversa de café ou num desabafo à namorada, mas padece de adesão à realidade das coisas.
Ainda bem que a PT, a maior empresa portuguesa, não serviu para resolver os problemas de gestão ou de mercado de uma concorrente.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Maria a 02.03.2007 às 23:53

E lá vai o Sapo continuar a assapar (agachar; esconder; cair; desmoronar). E lá vão as pessoas que trabalham na PT continuar em trabalho precário anos a fio. Ilegal? não, uma parte é do Estado, portando dá para meter lá os cretinos que já não cabem na CGD.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.03.2007 às 23:58

e a menina imagina que na sonae.com o mundo é perfeito?
Sem imagem de perfil

De Maria a 03.03.2007 às 00:33

Anónimo, é que na PT é feito com o dinheiro dos nossos impostos. Entendes?
Sem imagem de perfil

De Ze a 03.03.2007 às 00:23

Só fiquei impressionado com aqueles palermas com bandeirinhas vermelhas (?) dum sindicato qualquer a apoiarem um dos lados. Então eles não estão a ver que isto é uma guerra de capitalistas e que, ganhe quem ganhar, eles (e nós consumidores) estão lixados. Cambada de cretinos.

Comentar post