Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Às vezes é bom estar longe de Portugal

por Henrique Burnay, em 21.02.10

Enfiado em Portugal, longe dos mails, da net, de tudo isso, não vi a história do palerma que resolveu apanhar boleia do que escandaliza para insultar e difamar os antigos parceiros de blog.

Assim como me irirta quem acha que a bitola de tudo em Portugal é o 25 de Abril e que, portanto, se está melhor do que estava no tempo do Estado Novo é porque está bom, também não suporto a canalha cobarde que quando vê alguém no chão desata aos pontapés. Agora é moda dizer que de cada vez que um socialista respirou foi porque estava a tentar manipular o mundo. Ou a abusar do poder. Ou a manipular. Ou a receber benesses.

Nunca percebi o que me irrita mais, se a má-fé se a estupidez. Mas as duas juntas são bastante insuportáveis. Volto a Bruxelas. Às vezes é bom estar longe de Portugal.

 

Quem me dera que à direita houvesse mais gente como o João Galamba, inteligente,culto, informado, convicto (e cheio de opiniões erradas). E à esquerda também. Mas isso é um problema deles.

 

Sem links porque não me apetece.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Monarquico Lusitano a 21.02.2010 às 17:03

Eu concordo com o que diz. O País precisa de estabilidade.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.02.2010 às 17:26

Caro Henrique...tenha calma...

Portugal é isso mesmo...uma horta de couves mal plantadas...Faça é por mudá-lo se tiver essa possibilidade.

Porque o que crassa por aqui tende a apodrecer...e já começa a cheirar mal.

EducadinhaImage
Sem imagem de perfil

De CRF a 21.02.2010 às 20:22

Nada como uma couve de bruxelas para nos dizer que somos todos nabos.   Henrique IV dizia que Paris  valia bem uma missa, mas às vezes pergunto-me se la laide Bruxelles, ainda há pouco tempo uma cidade-dormitório de Paris, e hoje uma cidadezinha de província, impolida feia e fátua, valerá  bem estas prédicas.
Imagem de perfil

De Luis Rainha a 21.02.2010 às 22:47

Ou sem links por uma questão de cobardia e mau-carácter?
Imagem de perfil

De Henrique Burnay a 21.02.2010 às 23:21

Não, Luís. Sem links porque não me apeteceu mesmo. Repare, se fosse cobardia, não escrevia o post. Já que mesmo sem links é bastante provável presumir que o post vai ser lido (isto até uma criança consegue entender). Também pode ser por mau carácter. É uma presunção que pode ter. Confesso que não me incomoda.
Sem imagem de perfil

De K2ou3 a 22.02.2010 às 03:14

Meu caro Henrique,
isto que disseste, deve ter sido resultado de noite mal dormida, um sonho.
Tomara que assim fosse.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.02.2010 às 14:01

Henrique Burnay,

Meu caro,

Não ligue. Você dormiu bem...o problema é que há alguns «portugais», certaine espèce de «cochons», que se acham donos do raciocínio lógico...só se defendem e opinam cá dentro e lançam o País à indiferença «de fora»...nem sabem o que se passa mas ei-los a vomitar a «moralerdice costumeira...escrevinhando.... tout simplement...pour ceux une expression bien adéquate...quel «espéce de fumier».

Desculpará o «expressionismo» mas galos armados em «capões» é o que merecem ouvir.

Au revoir.

EducadinhaImage
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.02.2010 às 14:02

Emenda «quelle»
Educadinha
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2010 às 17:29

Ei-la de volta e de faca bem afiada, ah grande Educadinha.

Ponhamos mãos à obra que estes obnóxios falam falam, esclevem esclevem, mas lamber o cu ao chefe é o que eles mais sabem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.02.2010 às 14:57

De K2ou3 a 21 de Fevereiro de 2010 às 03:47


Desculpem,mas eu ainda não percebi quem é.
"erros meus, má fortuna,...".
A Educadinha que por ai anda, (aqui para nósé uma besta mal criada), sabe, e é de seu dever esplicar.


 


 


Este escrito foi tirado de um post que a SBB publicou. Vem a propósito o seu conteúdo, sobretudo se atentarmos em quem diagnosticou ao Henrique Burnay uma noite mal dormida e o trata por «tu» como se tivessem andado na mesma escola, ou acampassem na mesma esquina.


 


Eu sei efectivamente alguma coisa, pouca, mas o pouco que sei permite-me, desde já, identificar a «espécie» de que assim «escreve»: dá erros, dá coices, faz «bosta», e diz-nos da sua criação e desenvolvimento.


 


Pelo nick que adopta atrever-me-ia a diagnosticar-lhe um qualquer encarceramento que o traumatizou; pela forma como adjectiva quem não conhece e se expressa, afirmo com toda a segurança que é um «barracas» com hematomas crónicos e que anda com as dianteiras no ar.


Educadinha
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.02.2010 às 15:01

Finalmente,

Não curo «dores de corno», procure um médico do «pêéche», pois parece que o encornanço é uma epidemia generalizada no Rato e «ruelas» politicamente associadas.


 


Quanto ao resto, K2 ou 3 ( desconheço as vezes),  devem ter-lhe «Kapado» a «inteligência» ou qualquer cabeça…pelo que o aconselho a fechar a «bocarra», a refrear os coices, ou a dá-los em si próprio…coma mioleira de vaca louca…se é que não comeu já…e verá – dizem os vets -, que a questão dos pinotes é acto quase instantâneo.


 


Finalmente, deixe-me dizer-lhe uma coisa: eu tenho um registo criminal e civil impecável. Gostaria de comparar com o seu.


 


Já que é tão «Kapa», 2 e 3 vezes, permita-me que o mande às seguintes abreviaturas: PQP.


 


É esta mentalidade de «porcalhão», «cavador de pontapés», que nada diz ou pensa de jeito, nos leva, não raro, a querer afastar-nos de Portugal. A limitação intelectual, a incapacidade de esgotar a energia na construção, a grande vocação para a inveja.


 


Pela parte que me toca, bem cá do alto da minha altura...já me dói de ter olhado tanto para baixo...


 


Educadinha.


 


 


 


 



 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2010 às 17:36

Oh Pacóvio não te metas em sarilhos zé kapado, que ela dá-te com a bota cardada que te faz um Dental Plan num instante, e depois nem pivots nem pívias vais logo à urtigas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2010 às 00:36

Good, very good advice...you bet...nem preciso de matracas...

EducadinhaImage
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.02.2010 às 22:24


A tempestade chegou aos Açores.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.02.2010 às 01:25


Não pá, foi só uma SENHORA fina que deu à costa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.02.2010 às 16:55

Oh pá....e o comentador é capaz de ser  uma baleia com um  curriculo de despeito incrível...uma espécie de kapa...

Mostra lá a cara, ó forte...também te impressionei é? Nada a que não esteja habituada...mas olha, eu sou do signo carneiro...azar o teu...aviso-te que uso sapato com bico fino...


Educadinha
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2010 às 17:22

Portugal sempre foi, é, e será sempre uma grande merda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2010 às 20:27

Não Portugal nunca foi merda. Portugal de há uns tempos a esta parte é feito da merda dos merdosos que se esgotam em dizer merda, em vez de se dedicarem a parar a merda que fazem.

Portanto, meu caro, fale por si.

Comentar post