Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A comparação impossível

por Nuno Gouveia, em 05.01.11

Os socialistas andam todos irrequietos com as acções de Cavaco Silva do BPN. É este o tema de campanha escolhido por eles para estas presidenciais. Lê-se nos blogues, nas redes sociais e nos jornais que Cavaco deve dar explicações. Alegre até exige ver os contratos (?). Este escândalo socialista é provocado por... Cavaco ter comprado e vendido acções de uma sociedade anónima que, na época, era perfeitamente legal e regulada pelo Banco de Portugal. Como Cavaco Silva, no inicio da década havia mais de 400 accionistas da SLN. O Presidente da República já deu todas as explicações necessárias, e só por manifesta má fé e desespero é que alguém pode puxar este tema para a campanha. E certamente por ausência de ideias concretas. Como recorda bem Nogueira Leite aqui.

 

Mas há algumas perguntas que se podem colocar: E se Cavaco fosse realmente suspeito de ter cometido alguma ilegalidade? E se o seu nome fosse uma constante num processo de corrupção sobre um mega-empreendimento de milhões? E se aparecesse um vídeo na televisão com um dos envolvidos a chamar-lhe corrupto e a dizer que ele tinha aceite dinheiro sujo? E o que diriam estes senhores se o nome de Cavaco fosse apanhado num processo de corrupção num país estrangeiro? Ou se o nome de familiares directos fossem envolvidos em tramóias, como a compra de apartamentos a preços escandalosos? E o que aconteceria se Cavaco fosse apanhado em escutas sobre negócios duvidosos? E ai, e se Cavaco tivesse acabado o curso a um Domingo? E se tivesse sido interveniente directo num processo duvidoso de construção de casinhas? Tantas questões que surgiram nos últimos anos, essas sim verdadeiramente perigosas, sobre um politico socialista, e todas estas “virgens ofendidas” estiveram caladinhas. Estavam a dormir é?

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De DIABO COXO a 05.01.2011 às 16:03

O que faz falta é "agitar a malta".
Agite antes de usar - rezam as bulas fármacas.

Quando não há "remédio" usam-se "placebos".

 
Sem imagem de perfil

De Niagara a 05.01.2011 às 16:42

Será assim tão linear? Não quero entrar em comparações entre o actual PR e candidato e entre o actual PM, ainda assim são farinhas de sacos completamente diferentes. 
Mas o problema reside - como sempre - num pequeno detalhe. O único dos 400 accionistas da SLN a candidatar-se à Presidencia da República é Cavaco Silva. E nem ele nem nenhum dos outros têm o direito a deixar a mancha da suspeita no desempenho do cargo. Apenas por isso se lhe pedem explicações. Um outro ponto de relevo é que, como economista que é, Cavaco Silva (como qualquer Cidadão consciente) sabe que um lucro garantido de 150% em dois anos não se consegue facilemnte por meios lícitos. E onde a situação se complica mesmo é no dia em que - no desempenho do cargo - aceita a Nacionalização do BPN, passando o ónus dos desmandos anteriores para o contribuinte. 
Cavaco Silva já deu todas as explicações que legalmente lhe são exigidas, mas escusa-se a dar as explicações que moralmente lhe são pedidas - porque o BPN é um caso de polícia.
Sem imagem de perfil

De jcd a 05.01.2011 às 17:23

Já agora, só lembrar um detalhe importante para aqueles que ainda se riem da forma como Cavaco come o Bolo-Rei: o processo duvidoso não é só de construção de casinhas, mas sobretudo de marquises.
Joana
Imagem de perfil

De Carlos Nunes Lopes a 05.01.2011 às 17:32

Muito bem, Nuno.
Sem imagem de perfil

De Manuel a 05.01.2011 às 22:56


Das confusões de licenciamentos à pressa, de licenças de casas e casinhas, já nós todos estamos falados e cansados.
Os maiores valores de Cavaco Silva são a rectidão, a honestidade e os conhecimentos de economia.
Pergunto: o que resta dele se não esclarecer o caso BPN !
Sem imagem de perfil

De Claro a 05.01.2011 às 17:34

Cá para mim tudo aconteceu num fim de semana no Pulo do Lobo, mas o Nuno continua a sua fuga em frente.
Aposto que o argumento do próximo post vai ser: "Com a vantagem eleitoral que as sondagens lhe dão, prova-se que Cavaco nunca comprou acções da SLN , e é um verdadeiro anjinho inocente e de asas brancas".
Sem imagem de perfil

De Lynce a 05.01.2011 às 17:39

Os socialistas são quase todos assim, poucos têm espelhos em casa...
Sem imagem de perfil

De tric a 05.01.2011 às 17:43

e o filho de Manuel Alegre, está onde está, por causa da tradicional cunha portuguesa...é Luanda, é Nova Iorque...
Sem imagem de perfil

De Beirão a 05.01.2011 às 19:01

Estou de pleno acordo com a postura digna de Cavaco Silva, ao dizer o que tinha de ser dito sobre a campanha miseravelmente nojenta contra si de uma esquerda de cabeça perdida com as sondagens: "... Teriam de nascer nascer duas vezes para serem tão honestos como eu." Ora toma!
Mas já me espanta que as pessoas da campanha de Cavaco Silva, e/ou  as elites da direita, não venham a  terreiro por a nu toda a canalhice política socialista, cujo expoente máximo desta 'badalhoquice nacional' que levou o país à bancarrota e à humilhação internacional é o inefável José Sócrates, o primeiro-ministro deste desgraçado país que, ainda hoje, só se conseguiu um emprestimo público pagando os juros da dívida pública, a seis meses, seis vezes mais caros do que há um ano. Fora com a canalha!   
Sem imagem de perfil

De Portela Menos 1 a 05.01.2011 às 19:02

e o facto de UM poder ser corrupto quer dizer que não temos o direito de conhecer o contrato de compra e venda de acções do BPN do OUTRO?
Sem imagem de perfil

De MJP a 05.01.2011 às 19:24

Não penso que estejam a centrar a campanha no BPN. Estão a usá-lo para minar as consciências para algo muito grande que aí vem.
O silêncio do PS está ensurdecedor.
Tiveram 5 anos para montar uma campanha para o pateta alegre. Será que tanto assessor não fazia qualquer coisa que se visse? Estando o PS em baixa vai deixar escapar votos que depois terá dificuldade em fixar?

Comentar post


Pág. 1/3