Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Estou absolutamente indignado. Se não tivesse de ir para o Algarve, que tenho lá obrigações, iria no dia 15 com certeza à manifestação",

Mário Soares, in Negócios

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De São obrigações da EDP ou da Sonae? a 12.09.2012 às 20:08

Se forem do commerzbank hoje subiram, se forem as obrigações do Baer Bank well não são para todos...
Certain products and services of the Julius Baer Group are not accessible to residents and/or moitas que dão em pregos...
dá em prego ao moço não...
Sem imagem de perfil

De Mama mia a 12.09.2012 às 21:07

środa, 12 września 2012
NÓS QUE NÃO TEMOS OBRIGAÇÕES DO ALGARVE NO ALGARVE NEM TIME SHARING NEM MOTORISTA VOS SAUDAMOS
Um governo tal como um bloko ou a velharia xéxé com partei ou sem partei é uma bicha solitária que desenvolve personalidade múltipla no decurso da sua descida no percurso intestinal

e fora da história geral
presidente do con's titu cio nal
do constitucional ou outro que tal
quer taxar el capital na capital?
mexer no capital é fatal
o capital tem obrigações
por vezes no algarve laudamus
por vezes em ilhas com monções
ou em ilhas de corsários benedicamus

Domine Ares labia mea
de taxista sem libré
pois nós da obrigação alheia
na grã festa que a vida é
não temos motorista nem josé
que nos encaixote em pinho
que o algarve por mi fé
não é uma praia em espinho

é um lugar amplo onde a devoção
também fará grã manifestação
e daí talvez não

mas só Ares compreende a pobreza
quando esta se man infesta
é gente pobre que se preza
e ele acaba com umas na testa
e por isso não quer ir à festa
tira-nos a diversão que resta

atirar à politiqueia vinho
ou uns cacetes de pinho...

burro velho não aprende línguas

e só se manifesta com guarda costas

que o tempo está mau para hominis púbicos
Sem imagem de perfil

De Vá e não chegue tarde, que faz frio a 12.09.2012 às 22:09

Mas sua excelência não está indignado com as PPP's, as concessões e os ajustes directos prá malta, a nacionalização do BPN, o desperdício em fundações inócuas, parques escolares de luxo, carrinho e motorista à pala, pensões obscenas de cargos improdutivos, muitos, resultantes de uns anitos no parlamento a ler os pasquins à borla.
Disto ninguém tem vergonha, pois, não interessa agora.
Eu também estou indignado, eu e muitos milhares como eu... Mas temos razões para isso.
Sem imagem de perfil

De Sua excelência pode perder mais de 10mil a 13.09.2012 às 01:26

e depois é uma semanada que tira aos netos?

a manela ferreira leite até tem reformados que pagam 70% de impostos

eu infelizmente não tenho nem um desses

devem ser importados...
Sem imagem de perfil

De Agnelo Figueiredo a 13.09.2012 às 01:38

É tempo de a Fundação Mário Soares perder o estatuto de utilidade pública
Sem imagem de perfil

De Frederico Carvalho a 13.09.2012 às 03:43

Admito a consistência do argumento, mas pergunto se apenas tinha este sumo a retirar? Não podíamos juntar a essa hipocrisia, uma falta de coragem política (sim porque certamente que não seria a idade que isentaria Mário Soares de levar umas bolachadas no Rossio) do grande patriarca da democracia pós 25 de ABril? Se o país está numa situação tão famigerada, tão caótica, tão desconsolada, não seria dever de um político com tantas responsabilidade históricas no país participar ao lado da população contra tais vexatórias e sofríveis medidas? O nosso pater familias tem um compromisso importante (como se houvesse algo mais importante a tratar neste momento no país)e só por isso não vai participar na manif!! Tal como também é bom aduzir neste contexto o sr. Nogueira Leite que, como verdadeiro político e patriota "pira-se" daqui não vá sofrer mais no seu bojudo bolso. Ou então falemos de Durão Barroso com a sua lúcida visão dum país de tanga que não soube nem quis vestir, ou optemos então por Guterres que viu um pântano mas decidiu dar de frosques para não se sujar. Todos eles gostaram do país enquanto este lhe deu alvíssaras, depois quando se começaram a perceber as suas reais intenções e até capacidades de gestão politica, vingaram pela COBARDIA. Assim, resta a um povo tomar o lugar deixado vago pelos COBARDES e OPORTUNISTAS. Lembro-me de Rodrigo Moita de Deus do tempo da JC, agora diz-se militante do PSD? Vai persistir na sua demanda liberal? O que vÊ de diferente entre o seu PSD e o PS de Sócrates? Mantém o apoio a Passos Coelho? É que Ferreira Leite sublinha e bem uma verdade de La Palisse, onde os deputados forma eleitos pelos portugueses e não pelos partidos e que neste momento deverão estar ao lado de quem é gravemente prejudicado e votou neles. Entende esta perspectiva, ou enaltece a disciplina de voto? Pensei que além de reaccionários, aqui se manifestassem livres pensadores...
Sem imagem de perfil

De CHÃ E SIMPATIA a 13.09.2012 às 10:54

Aquela velha carcaça está a pedir Eternidade...

Comentar post