Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




(a asserção é válida para os inimigos do senhor Pacheco da região saloia)

Bom dia. Já vou na terceira 7UP. O tempo não perdoa e o vodka também não. Perdi o Nuno Mota Pinto algures por volta das 6 am. Mas o champagne estava bom. E a conversa serviu para pôr os temas mais urgentes em dia e matar saudades (faltou o PPM para também falarmos de sexo). 

Só mesmo este 31 para juntar tantos malfeitores (não confundir a expressão com o senhor padre Feytor Pinto).

Antes de entrar sorrateiramente em casa ainda tive tempo para comprar os jornais da manhã. Fiquei muito contente com a notícia do «Sol» de que o «O Independente» pode voltar em 2007. Será o primeiro semanário gratuito e a ideia é de Pedro Pimenta. Uma boa notícia num dia sem notícias.

Os meus filhos quando acordaram perguntaram pelo pai. A mãe deles informou-os: o pai foi comprar os jornais. Não mentiu. Mas ao não dizer a verdade toda privou-os de conhecer desde já o «31 da Armada». Admito que é uma boa explicação para ir comprar os jornais tão cedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)