Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




há quem não possa ter um BMW à porta

por Rodrigo Moita de Deus, em 30.11.17

IMG_20171128_011200.jpg

A DriveNow, que emparceira com a Emel contorna uma freguesia de Lisboa. Caros indignados das redes sociais, defensores de toda a espécie e igualdade e lutadores contra toda a discriminação: Pode um mapa representar, de forma tão gráfica, séculos de políticas de integração? 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos do Bairro a 02.12.2017 às 10:27

Rodrigo, não foi só Chelas que ficou de fora, também uma das zonas mais densamente populadas de Benfica ficou...
A EMEL, tanto no DriveNow como nas GIRAs, só atenta aos alfacinhas que têm dinheiro e vivem em zonas onde as casas são caras. Os restantes têm de comer com os impostos e as taxas de Lisboa, e usufruir da qualidade de transportes da Amadora.
Isso e os carros velhos dos lisboetas não poderem circular no concelho onde pagam o IUC, é o socialismo a bombar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2017 às 22:25

socialismo era deixá-los circular..

Comentar post