Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




De um amigo meu portista

por Paulo Pinto Mascarenhas, em 07.12.06
"Só há um domínio em que os piores pensamentos têm inteira legitimidade para se exprimir, contrariamente ao que pensava o problemático Barão célebre: é mesmo no "desporto". Existe para isso. Eu próprio confesso que, não sendo excessivamente dado à "alegria maligna", não consigo deixar de sentir um certo contentamento perverso quando o Benfica perde. Dito isto, já não tenho muita paciência (dantes tinha) para ver um jogo de futebol do princípio ao fim. E receio que, mais um ano ou dois, me torne absolutamente magnânimo. É quase certo. Enfim, não é importante..."

Isto a propósito de excitamentos precoces que o meu poste de ontem provocou em tão boa gente. Fala-se da bola e a malta exalta-se. É a vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)