Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Sol continua a marcar a agenda mediática

por Rodrigo Moita de Deus, em 11.12.06

(anda um pai a educar um filho para isto)

E porque hoje é segunda-feira, já está disponível na internet a “entrevista imprevista” do semanário Sol. Depois de Luís Filipe Menezes ter falado sobre a sua primeira experiência sexual, é agora a vez de António Pires de Lima falar sobre masturbação e filmes pornográficos. Relativamente a este último assunto o ex-deputado confessa que os filmes pornográficos que viu eram “bastante monótonos e repetitivos”. Das duas, uma: ou Pires de Lima anda a ver os filmes errados ou então é um homem cheio de imaginação. Calculo que seja a segunda pois mais à frente defende que fantasiar com uma outra mulher não é uma traição. O democrata Bill Clinton tem defendido ideias no mesmo sentido.

Uma última revelação: Pires de Lima "estimula-se" com textos eróticos. Eis um conceito que partilho. Também me senti muito "estimulado" por esta entrevista.

Autoria e outros dados (tags, etc)