Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não confundir os maus com os outros

por Henrique Burnay, em 12.12.06
Diz o Tribunal de Primeira Instância das Comunidades Europeias: "In conclusion, the Court finds that the decision ordering the freezing of the OMPI’s funds does not contain a sufficient statement of reasons and that it was adopted in the course of a procedure during which the right of the party concerned to a fair hearing was not observed, and that it is not in a position to review the lawfulness of that decision. Accordingly that decision must be annulled in so far as it concerns the OMPI". O Acordão pode ser consultado aqui. O que esta decisão revela é bastante evidente para quem tenha acompanhado a história recente da relação da UE - do Ocidente - com o Irão. A tentativa de apaziguar o regime de Teerão, perseguindo o único movimento de resistência, não tem justificação nem razão de ser. A Europa nunca deu uma oportunidade nem uma ajuda à resistência iraniana. Essas opções têm um preço. A propósito, remeto, se quiserem, para a Atlântico e para uma entrevista que lá publiquei a Maryam Rajavi.

Autoria e outros dados (tags, etc)