Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a culpa é do passos

por Rodrigo Moita de Deus, em 09.07.17

SEF.jpg

 Caos no aeroporto. Duas horas de espera para entrar em Lisboa

Na mesma notícia leio que estão 230 agentes do SEF de serviço ao aeroporto. Ora bem...230 em turnos de oito horas dá 76,6 agentes para carimbar passaportes. Temos as férias e as folgas e aquela coisada toda. Tiremos cinco agentes a cada turno. ficam 71,6 agentes. De cada vez. Depois há o controlo aleatório na saida. Vamos alocar quatro agentes. Não Vamos alocar oito agentes - e eu nunca vi oito agentes lá. Sobram 63,6 agentes. Vamos tirar mais 10 ou vinte para outras funções. Funções como passear e beber café. E mais um. O chefe. Os chefes não trabalham. Ficam 42,6. Como é que 42,6 agentes não chegam para preencher sequer metade das banquinhas do controlo de passaportes?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De A minha é maior do que tua a 09.07.2017 às 13:52

Com o devido respeito, Vexa é uma besta!

O que é o 'controlo aleatório de saída'? Foi Vexa que inventou?

'E depois as outras funções como passear e beber café' e outras menores, como embarques e escoltas, idas a tribunal (se tivesse estudado quando concorreu a a inspector do serviço, saberia que o SEF um Órgão de Policia Criminal e, se calhar, já não chumbava).

E o Terminal 2, sabe o que é? E o QTC? E os aeródromos periféricos, como Alverca, p.e.? E transporte de detidos a hospitais?

Experimente ler um bocadinho mais em vez de perder o seu tempo com parvoíces; a culpa de não ter entrado no SEF não é dos inspectores que estão no aeroporto, foi apenas, tal como o patente naquilo que escreve, presunção e arrogância intelectual.

Comentar post