Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a onda

por Rodrigo Moita de Deus, em 29.01.14

Pergunto: obrigaram os miudos a ir para o Meco? Se não obrigaram deixem o outro miudo em paz. Já lhe chega ter que viver com o facto de ter sobrevivido. E quem naquela idade não fez uma coisa estúpida que atire a primeira pedra.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De tric a 30.01.2014 às 02:21

o miudo deve se reunir com os pais das crianças que faleceram...acho que deve isso...deve uma explicação olhos nos olhos com os pais...se ele sofre e vai ter traumas, é obvio que sim...se vai "recuperar" só depende dele e da sua consciência...ao contrário do sofrimento e dos traumas das famílias enlutadas cuja recuperação emocional da perda depende do conhecimento máximo do porquê e do como...
Sem imagem de perfil

De von a 30.01.2014 às 08:49

E então, os actos não têm consequências nem implicam responsabilidades. Bela filosofia. Já agora, utilize a mesma filosofia no comentário político...
Sem imagem de perfil

De Bento 2014 a 30.01.2014 às 10:27

Andam a gastar o nosso dinheiro com assuntos de alguidar. Se as praxes constituem apenas actos de selvajaria então deveriam acabar radicalmente. Mas não, porque com gente civilizada é possível fazer umas brincadeira que não agridem e não diminuem, antes aproximam. Desde logo deveriam ser interditas em locais fora do espaço de estabelecimento a que digam respeito, constituindo crime público esse desrespeito (fora o resto) com os culpados sujeitos a condenação que poderia levar a pena de prisão efectiva sempre que esta condição não seja cumprida. Deixo uma analogia: Com uma faca de cozinha qualquer um, tanto pode matar uma pessoa como uma galinha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2014 às 12:26

se fosse um coitado que recebesse o rsi o rodrigo estaria a pedir perpétua.
Sem imagem de perfil

De IsabelPS a 30.01.2014 às 13:25

E há quem continue assim depois de passada a idade.
Sem imagem de perfil

De Alexandre P a 30.01.2014 às 20:45

Deixe-me ver se percebo: professores insultados por trogloditas devem mudar de profissão; quanto aos trogloditas, quando causam a morte de terceiros no que provavelmente foi um crime, devem ser deixados em paz porque toda a gente fez parvoíces em miúdo? E a pergunta que se segue é: dados os seus últimos comentários, se o Rodrigo tem filhos, e se sim se os educa como um Afonso VI foi educado... é que isto tudo se resume a uma coisa: gente mal formada que tem de ser chamada a assumir as suas responsabilidades. Ou então vamos assumir que isto é um país de anarcas, e eu deixo de pagar impostos.
Sem imagem de perfil

De COM TODO O RESPEITO a 30.01.2014 às 22:16

A cáfila quer é mote para (o)pinar.
Ah, como é bom ser bom, anonimamente...não remar contra a maré...
Sem imagem de perfil

De campus a 30.01.2014 às 22:16

Também tu ó Rodrigus ? O puto já é adulto, só tem de contar o que se passou.
Sem imagem de perfil

De DUX VETERANORUM a 31.01.2014 às 01:10

Fodei vos todos, mansos. Nós formamos GUERREIROS. Uma sociedade que rejeita a tosterona de seus jovens GUERREIROS não é uma sociedade digna. Nós somos o ESCOL, virilidade em acção consertada. Um país que castra a auto-regulação juvenil não nos merece! Uma juventude que teme o ADAMASTOR nunca será alguém nesta Europa. VIVA FERNANDO PESOA! VIVA EL_REI D. SANCHO II ! VIVA PORTUGAL !! Valete Frates.
Sem imagem de perfil

De von a 01.02.2014 às 16:46

Nã... És apenas parvo.
Sem imagem de perfil

De Sergio Paradiz a 31.01.2014 às 09:43

https://www.facebook.com/sergio.paradiz/posts/721337547901203
Sobretudo um triplo NÃO. NÃO ao medo.
NÃO a uma sociedade que produz estes homens e mulheres (????).
NÃO nos demitemos.

Comentar post


Pág. 1/2