Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




é um bocadinho dificil "ocultar" mas eles tentam

por Rodrigo Moita de Deus, em 06.12.16

Câmara de Lisboa ocultou do site atrasos nas obras

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De silva a 08.12.2016 às 10:51

Memorando
Processo Estoril Sol III
Despedimento colectivo
 14/04/2010 – 3 providências cautelares indeferidas (juiz considerou prazo inoportuno)
 21/07/2010 – Petição inicial dá entrada em juízo
 29/09/2010 – Envio de citação para o Estoril Sol
 03/11/2010 - Contestação da entidade patronal
 23/11/2010 – Resposta às excepções invocadas na contestação
 11/01/2011 – Termo de apensação das providencias cautelares ao processo.
 09/01/2011 - Indicação ao processo da morada dos trabalhadores que o Tribunal não conseguiu citar.
 04/03/2011 – Enviadas cartas de citação aos trabalhadores abrangidos pelo despedimento colectivo e que não o impugnaram em Tribunal.

 29/03/2012 - Nomeado o Perito
 13/04/2012 – O Perito renunciou
 30/04/2012 – Nomeado novo perito
 22/05/2012 – Notificação às partes para indicarem quais os quesitos que pretendam ver respondidos
 18/06/12 – Por despacho o Tribunal determina que “atendendo à exaustividade dos quesitos formulados pelas partes, considera os mesmos suficientes, devendo o Sr. Perito ser notificado dos requerimentos de fls.1390 e seguintes e fls. 1498 e seguintes para proceder à elaboração de respectivo relatório.”
 21/11/2012 – Foi prorrogado o prazo de 30 dias concedido ao Perito para a elaboração do relatório, por mais 60 dias
 01/02/2013 – O prazo concedido ao Perito foi prorrogado por mais 15 dias a contar da recepção dos elementos solicitados à Ré pelo Sr. Perito.
 2013 a 2016 vira o disco e toca o mesmo.
 No recurso volta ao mesmo das providências cautelares etç etç etç....
 Sindicalista foi-se embora com uma indeminização chorosa com emprego na camara de cascais.
 Advogado passado um ano do despedimento coletivo abre o maior gabinete de advocacia no montijo.
 Nós com esta trapalhada toda muitos já desistiram, outros imigraram, outros sem emprego até hoje e alguns com emprego sujeitando-se ao vencimento minimo.
 Foi para isto que durante anos andei a descontar para o sindicato!!!!!!!!!!!
Sem imagem de perfil

De do norte e do país a 12.12.2016 às 12:28

Pelos vistos.

Nao vê que os sindicalistas agora andam muito ocupados a manter tudo calado para dar ideia de paz social? Nao têm tempo para mais nada. O desemprego deve estar a 0%.

Antes só tinham tempo para protestar nem que fosse por ter caído uma caca de pássaro num telhado.

Comentar post