Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A TAP precisa de ser "reestruturada", "reajustada à sua adequada dimensão" e reconstruída em "bases sólidas". Quem o diz é o Presidente do Conselho de Administração da TAP em mensagem dirigida aos trabalhadores. Uma mensagem que pode ser interpretada como uma crítica ao Presidente do Conselho de Administração da TAP que deixou a empresa a precisar de uma "reestruturação", "desajustada da sua adequada dimensão" e a precisar de construir "bases sólidas". Mas nada temam amado povo irmão. Graças a Deus temos o homem certo para a missão. Fernando Pinto é capaz de "reestruturar", "reajustar à adequada dimensão" e a reconstruir a TAP em "bases sólidas". Não só é capaz como não tem feito outra coisa nos últimos 15 anos.   

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Manolo Heredia a 13.05.2015 às 17:16

E falta identificar os beneficiários das compras ruinosas e metê-los na prisa...
Isto só faz lembrar a PT...
Sem imagem de perfil

De insider a 13.05.2015 às 17:42

pinto, sem dúvida um génio - o tal que comprou novos aviões que afinal não eram aviões novos...
e greve dos pilotos fez um enorme favor ao coelho...
a pretexto dos prejuízos, agora sai uma re-estruturação à pinto, para entregar a empresa "limpinha" a eventuais compradores...
Sem imagem de perfil

De FlyAlbino a 13.05.2015 às 23:05

Neste caso, discordo.

O homem já fez de tudo, desde enganar ministros até comer sapos aos pares, tudo para o bem da transportadora aérea portuguesa. Já esteve para ser dispensado um par de vezes, e sempre se aguentou. Nunca foi substituido por boys. Já quis ir embora e não deixaram. A empresa tem crescido e livrou-se de rotas que não faziam sentido. Recuperou a imagem da empresa, a qualidade. Tem batido records atrás de records. O problema é o Estado, que se mete em tudo, e tudo estraga. E a falta de investimento estratégico. Nunca o negócio do brasil teria sido feito se fosse o Fernando a mandar.

O Ministro da Economia não se deveria ter metido ao barulho. Quis dar uma de "president of united states", à lá "west wing". O Ministro está lá a prazo. Os pilotos estão lá à anos, são inteligentes, competentes e sabem jogar. Qualquer idiota sabe que é preciso preparar o terreno antes de tocar o sino da privatização.

Além disso, como todos nós sabemos bem, o Ministro está lá a desvalorizar a empresa. É a função dele. Se não, ora notem para onde irá o Ministro trabalhar a seguir. Não, não é para uma empresa de aviação civil. Não, não é para uma empresa de sumos. É para uma das empresas que vai dar assessoria ao negócio. Ou para o banco que vai montar o negócio. É lá que vai receber pelo trabalho que prestou antes.
Sem imagem de perfil

De ipsis verbis a 16.05.2015 às 15:18

Vá lá meus senhores, o "home" enganou-se, tinha no bolso o discurso do ano 2000...

Comentar post