Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou de intrigas

por Rodrigo Moita de Deus, em 24.10.17

Com tanta indignação coletiva alguém já se lembrou de perguntar se a mulher do dito juiz está bem ou se precisa de alguma coisa?

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2017 às 14:39

Bem visto!...se calhar até precisa de aumentar o bengaleiro lá de casa.
Sem imagem de perfil

De RG a 24.10.2017 às 15:54

Decerto subscreve as reacionarices do esposo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2017 às 15:57

e se ele não for hetero?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2017 às 18:21

Disse-me que estava à espera do momento certo para lhe dar uma trinca que lhe arrancasse os tintins. Visita-me: https://opardemamas.blogspot.pt/
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2017 às 22:47

Fico espantado com a categoria dos comentários! O 31 da Armada merece mais.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2017 às 11:53

E grave, para a justiça, ter um juiz com mentalidade do século XIX a julgar no século XXI
Perfil Facebook

De Kattuxa Cunha a 25.10.2017 às 16:38

Cá p'ra mim, a adúltera, a mulher do juiz e a juíza relatora, precisam dum Homem. O juiz tem um qualquer problema com as mulheres, deve sair do "armário" o quanto antes, para bem da justiça portuguesa.

Comentar post