Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




os media não são assim tão poderosos

por Rodrigo Moita de Deus, em 16.03.15

O índice de popularidade de Dilma Rousseff está a aproximar-se dos mínimos históricos de Fernando Henrique Cardoso. Reeleita em Novembro, a Presidente contabiliza 21 pontos negativos no índice. O que aconteceu em tão pouco tempo? À esquerda, a resposta é uma só: a imprensa.

Sim. A culpa é da imprensa. A imprensa está para a politica como a arbitragem está para Bruno de Carvalho. Afirmar que foi a imprensa que pôs aqueles milhares de brasileiros na rua é um mau spin. Gastar mais caracteres a responsabilizar a imprensa brasileira que a reportar os problemas do Brasil é outro péssimo spin. Parece que os problemas do Brasil foram inventados nos jornais. Não foram. Os jornais podem refletir ou até mesmo ampliar problemas. Não conseguem inventá-los. Não foi certamente o jornal Público que inventou as manifestações de Setembro de 2012. Também não terá sido a Folha de São Paulo a inventar o petropina mais o mensalão. As pessoas não são assim tão estúpidas. E os media não são assim tão poderosos.  

Autoria e outros dados (tags, etc)