Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




todos o fins-de-semana temos uma nova

por Rodrigo Moita de Deus, em 16.02.14

Seguro quer Sines como plataforma logística internacional. Que é mais ou menos que dizer que queremos carros fabricados na autoeuropa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De COM TODO O RESPEITO a 16.02.2014 às 15:13

Só ambições desmedidas.
Qualquer dia, ainda vai querer uma directoria no BES, poça?!
Sem imagem de perfil

De Bento 2014 a 16.02.2014 às 16:51

Seguro, o Minhocador . Retardado a sacholar ideias empedernidas, seria supremo actualizador a enterrar o país de fresco.
Sem imagem de perfil

De Rui Mendes a 17.02.2014 às 11:24

Já viram o elogio de Sócrates a Marinho Pinto no comentário de ontem? (apartir do minuto 5:40) http://www.youtube.com/watch?v=Kna9FLwlCUk
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 13:54

mais endividamento!!?? ainda agora o Estado endividou-se com 3 mil milhões de Euros...o ano de 2014 começa bem! já para não falar da transferencia de 500 milhões de euros para a empresa do "BPN", Parvalorem...a estratégia da Banca Falida de Portugal é que o Estado se deve endividar ainda no periodo da Troika para ter uma "almofada financeira" no periodo pós-troika...depois de termos batido todos os recordes do endividamento português em 2013, ainda agora começou 2014 e já vamos lançados no que toca ao endividamento...
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 15:17

já lá vão ...
.
"(...)The Republic of Portugal priced today a €3.0 billion syndicated tap of the OT 5.65%
bonds due 15 February 2024 at a spread of 320bps over mid-swaps to yield 5.112%
representing a new issue concession of approximately 15bps. This is Portugal’s second
syndicated transaction of 2014 and follows the €3.25 billion OT 4.75% June 2019 reopening.(...)
.
After this syndication, Portugal has raised €6.25bn of long term funding, achieving an
important landmark by starting to prefund for 2015 and building a cash buffer. Portugal
expects to reintroduce government bond (OT) auctions in the first half of 2014 to
promote market liquidity and the efficient functioning of the primary and secondary
market. "
.
a long term funding...a cash buffer...
Sem imagem de perfil

De pedro a 17.02.2014 às 16:09

não diga mal de tudo, por dizer. O pequeno investimento em Sines pode tornar o nosso porto de Sines importante para transbordos do transporte marítimo da américa e da ásia(superportacontentores) tendo presente o atual alargamento do canal do panamá. Somos a entrada na europa a nível de continente ,entende? Além disso também pode ter ligação com os transportes ferroviários, até Espanha e França.
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 16:24

em 1999 Portugal tinha um endividamente de 60 e tal mil milhões de Euros...em 2013 tem um endividamento superior a 200 mil milhões de Euros!!?? podem "sonhar" á vontade com Portos, TGV´s de Mercadorias, sinais de crescimentos económicos...mas no final quando a realidade sair do "nevoeiro" criado artificialmente pela comunicação social dos Bancos, temos um endividamento insane...temos um sistema financeiro falido...e uma ecónomia interna a definhar...e uma Europa a implodir...QRENS para endividar mais o país ainda !!!?? Puta que Pariu esta Europa...
Sem imagem de perfil

De embarcações a 17.02.2014 às 17:17

Dívida...que dizer? è a mais pura das realidades, pese embora muitos não se queiram aperceber do motivo da mesma(nem sempre o realismo combate a facciosidade) MAs criticar o QREN você sabe o que diz? O QREN é dívida soberana?
não sei...mas a partir do momento que me diz que a ECONOMIA interna a definhar ( crescimento maior da zona euro em período homólogo- 1.6%)...parecem mais desejos do que realidades, e sim, sei que o povo nas ruas ainda não sentiu...(nem eu), mas que o sinal é bom é!
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 17:58

o unica coisa que cresceu em Portugal em termos homologos foi os prejuizos da banca...e cresceram bem...ao ponto de o estado ter injectado 500 milhões na Parvalorem...
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 18:50

o Endividamento do país tambem cresceu em termos homologos...e não foi pouco...a ecónomia interna está a definhar e sem liquidez...eu não ligo a numeros estatisticos do crescimento, ligo apenas ao endividamento do país!!!quando se ultrapassa os 200 mil milhões de endividamento... na ultima decada temos crescido praticamente sempre tal como o endividamento...aliás, o endividamento de Portugal tem aumentado sempre, com crescimento ou com recessão...acho que é quase um crime associar o Endividamento do Estado ao PIB!! quando devia era estar associado as receitas anuais do Estado, para se ter a ideia mais realista da monstruosidade do endividamento português...que continua a aumentar...quando o FMI, BCE, OCDE elogiam Portugal...
Sem imagem de perfil

De tric a 17.02.2014 às 20:18

mas a partir do momento que me diz que a ECONOMIA interna a definhar ( crescimento maior da zona euro em período homólogo- 1.6%)..."
.
eu respondi-lhe mas foi censurado...mas acrescentando ao que foi censurado...
Sem imagem de perfil

De enbarcações a 17.02.2014 às 17:08

o Sr pode dizer bem de tudo mas não percebe nada de operações portuárias...Sines é e será pelo menos durante contentores de tempo (mesmo a injectar milhares de milhões) o que é...mais um bocado- pese embora com potencial de efeito na economia...mas porto da entrada na europa, really e os outros pequenos portos? e saber bem os trajectos dos corredores (ou para gurus autoestradas)maritimos...really, claro que para certos entendidos vale sempre a pena desembarcar em Sines para a mercadoria chegar a países pobres com a Alemanha...mas Roterdão é capaz de chegar - e quer para o armador quer para o cliente GARANTO que é mais barato....
Sem imagem de perfil

De am a 18.02.2014 às 14:40

Estou mesmo a ver:

Quando Seguro passar por Beja irá prometer um aeroporto internacional.

Vai uma aposta?

Comentar post