Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




mediocridade

por Rui Castro, em 29.11.07

Quando se candidatou à presidência da capital, António Costa bem sabia que a maioria PSD na Assembleia Municipal não lhe daria descanso. Aparentemente acossado pelo mais que provável chumbo da propostas de financiamento da Câmara para pagar 500 milhões de euros a fornecedores e aumento das receitas tributárias, ameaça agora demitir-se. Depois da instabilidade vivida no final de mandato de Carmona Rodrigues e da forma atabalhoada como o PSD geriu a crise, o executivo PS tinha a oportunidade de mostrar serviço. Pelos vistos, Costa optou pelo caminho mais fácil, a martirização política. Até pode ser que lhe permita a reeleição daqui a 2 anos, mas torna-o igual aos demais.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De César David Sousa a 29.11.2007 às 11:17

"até pode ser que lhe permita a reeleição daqui a 2 anos, mas torna-o igual aos demais".

E eu que pensava que o objectivo de ir para uma câmara municipal era justamente ser reeleito, como os demais...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds