Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nuno:

Non posso eu, meu amigo, con vossa soidade, viver, ben vo-lo digo;

O meu gran mal sem conto, e por esto guaride, acreditar que possades falar como entendeis.

ben u vos desejo

ben o creede, amigo!


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De raider a 22.12.2007 às 21:14

Eh um fato qe a lingua evlui amigo
Sem imagem de perfil

De António de Almeida a 22.12.2007 às 22:54

-E porque não passarmos a utilizar desde já a linguagem SMS? Espere, não nos estaremos a precipitar? As linguas evoluem de forma natural, pela evolução da própria sociedade, as quais recebem inúmeras influências, de facto e não de fato, para mim isso será sempre uma peça de vestuário, sofremos influências do Brasil, pelos imigrantes que cá vivem, e pela televisão que a sociedade (eu não) consome, um exemplo, parabenizar, mostrem-me algum português que tenha escrito tal palavra há quinze anos, evoluir? de acordo! uniformizar a lingua? por mim não o farei na práctica, preferiria falar inglês! Fernando Pessoa deve dar voltas no túmulo!
Sem imagem de perfil

De in-coerentemente a 23.12.2007 às 15:58

É verdade que a língua tem que evoluir.
Não só para adicionar novas palavras ao dicionário como: blogue e internet mas também para evoluir a maneira de falar e escrever.
É impensavel nos tempos de hoje alguem escrever como no post porque a língua portuguesa evoluiu.
O acordo faz sentido não só pela evolução mas tambem para juntar duas linguas com a mesma raiz.
Sem imagem de perfil

De David Silva a 24.12.2007 às 12:00

Grande parte das línguas que conhecerá têm a mesma raiz, evoluiram de forma diferente. Porquê? Os factores são imensos e levava-me a um tratados sobre a questão. Voltar a "unir" 2 línguas é "anti-natura". Não funcionará, em nenhum dos países.
Imagem de perfil

De blogdaping a 23.12.2007 às 16:22

Eu bem digo, os portugas, fazem da língua o que querem e mai nada......!

Comentar post