Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lisboa, Costa e tudo

por DBH, em 23.01.08

 

Em Lisboa, António Costa governa sem oposição.

Apenas - e de vez em quando - Helena Roseta aparece a contestar o presidente da CML. Carmona, acusado, perdeu toda a possibilidade de ser levado a sério - seja em relação ao caso Bragaparques que hoje se discute, sem em matéria financeira. O Bloco está institucionalizado, Sá Fernandes esforça-se por dar a ideia que é capaz de estar com, e deter, o poder - às vezes para incómodo dos seus camaradas da Rua da Palma. O CDS não foi eleito.

E o PSD, simplesmente, ou não existe ou desistiu. O cabeça de lista e vereador a meio tempo não se ouve, os restantes vereadores falam cada um por si. Quando falam. Eleitos numa lista "mendista" sabem que que não voltarão a estar nas listas, nas próximas eleições. Eleições essas, para o ano, para as quais não há estratégia, nem nomes ou caras. Assim, os eleitos, vão desistindo, apagando-se.  Talvez por falta de interesse, amor próprio, ou por advinhar que este é o desejo da nova direcção nacional - apagar a memória e regressar um grande nome em 2009. Mas foram eleitos, para alguma coisa, supomos.

 

Resta o PC, que tem o melhor vereador de todos, para se opor a Costa, enquanto defende os seus feudos.

 

A imprensa começa a apontar alguns problemas de Costa mas, parece, nem considera relevantes as posições da oposição que resta. Percebe-se.

 

Um exemplo pessoal. Ontem celebrou-se, como todos os anos, na Sé de Lisboa a Solenidade de são Vicente, primeiro Padroeiro da Cidade. É costume centenário a presença do presidente e dos vereadores (antes vinha o Senado). Lá estavam, e bem, António Costa, Ana Sara Brito e Sá Fernandes - que na oposição, sem responsabilidades, nunca tinha ido. O PSD não enviou ninguém e Carmona, que antes ia, também não apareceu.

 

As próximas eleições autárquicas não serão fáceis para Costa mas, até lá e se depender da oposição, será um passeio.

 

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De António de Almeida a 23.01.2008 às 21:06

-Um grande nome da actual direção para a CML? Helena Lopes da Costa? Rui Gomes da Silva?
Sem imagem de perfil

De Raider a 23.01.2008 às 22:56

Este PSD não é nada. É apenas um meio encontrado pelos militantes para correrem com MM, sem "queimarem" para já um outro candidato.

Acredito que Meneses não durará muito com a sua postura cata-vento
Sem imagem de perfil

De cadeiradopoder a 23.01.2008 às 23:56

Boas trivelas para domingo. E que aplaudam!

Comentar post