Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




António Borges

por Rodrigo Moita de Deus, em 06.08.08

Se numa comisão política todos tivessem a mesma visão de todos os problemas, a mesma opinião sobre todos os assuntos, não valia a pena existir comissão política.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Dinis a 06.08.2008 às 17:57

Pois, diz bem: na Comissão Política. Que deve representar várias sensibilidades. Concerteza. Agora, meu caro, António Borges não é da Comissão Política. É VICE_PRESIDENTE da Comissão política, o que é coisa diferente. É o orgão executivo. Faz sentido haver diverg~encias de fundo (ideológicas)no seio de um orgão executivo?
Sem imagem de perfil

De Nuno Gonçalo Poças a 06.08.2008 às 18:08

Parece-me que existe aqui uma falha de comunicação... A resposta à pergunta do Dinis está explanada, de forma bem clara, no post. Claro que faz sentido existirem divergências no seio de um órgão executivo, como a Comissão Política Nacional do PSD. Sobretudo numa CPN de um partido ideologicamente sem rumo...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds