Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




coisas divertidas

por Rodrigo Moita de Deus, em 23.08.08

O grupo evitou a barreira policial montada no nó de Aljustrel, usando uma saída de emergência selada a cadeado – rebentaram o portão, passaram um viaduto para inverter a marcha e rebentaram outro portão para voltar a entrar na A2 no sentido Sul-Norte. O método utilizado parece indicar que se trata de um grupo estrangeiro que nunca terá actuado em Portugal.

In Correio da Manhã 

 

 

O assalto foi complexo, eficiente e coordenado. Logo só pode ter sido um grupo estrangeiro. Para além do mais conheciam aquele viaduto antes de Aljustrel onde se consegue inverter a marcha. Só podiam ser estrangeiros que nunca actuaram em Portugal. Nem nunca andaram naquela zona.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De zedeportugal a 23.08.2008 às 12:23

Um verdadeiro ataque de inteligência... !?
Sem imagem de perfil

De blogdaping a 23.08.2008 às 14:58

Conclusão:
Temos de ter um 1º ministro estrangeiro.
Um presidente da República estrangeiro, se queremos as coisas bem feitas !!
Sem imagem de perfil

De lb a 24.08.2008 às 03:13

a ser verdade é ainda mais incrível. então não sabem que é normal que existam nas áreas de serviço uma entrada de serviço, por onde entram funcionários e fornecedores e que existe também uma ligação entre os dois lados. pensavam eles que para ir de um lado ao outro, teria que se ir para a auto estrada, sair na saída mais próxima e voltar a entrar em sentido contrário? e já agora pagar também portagem que isto a brisa está com falta e agradece. jericos

Comentar post