Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Policiamento pago com resultados

por Carlos Nunes Lopes, em 31.08.08

"Valeu a pena e teve efeitos imediatos", disse à Lusa o proprietário de um restaurante no Bairro Alto, Floriano Moreira, que desta forma sintetiza a sua opinião sobre a eficácia do reforço do policiamento naquela zona, que desde 01 de Agosto os comerciantes e empresários locais pagam.

Recordo as declarações de Rui Pereira, que considerou como "normal" o policiamento pago por empresários.

Os resultados do policiamento pago, de acordo com os comerciantes desprotegidos, teve bons resultados. Disse aqui e agora confirma-se: "o insuficiente policiamento no Bairro Alto não se devia à falta de efectivos, mas antes à ausência de uma "pequenina compensação monetária" por parte dos desprotegidos, para que a autoridade fizesse o seu trabalho".

Em coerência com o pensamento de Rui Pereira, esta pode ser mesmo a solução para o problema da criminalidade violenta: se os comerciantes que são sucessivamente assaltados pagarem o policiamento, é provável que deixem de ser assaltados. Os próprios ourives do interior do país, que se deslocam entre feiras, podem pagar a escolta policial à sua actividade para deixar de ser assaltados. E se as transportadoras de valores pagarem a escolta às suas carrinhas, talvez deixe de haver assaltos sofisticados nas já vigiadíssimas concessões rodoviárias.

Assim, com todos a pagar do seu bolso o direito à segurança, Rui Pereira seria um ministro menos desassossegado.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De mac a 31.08.2008 às 18:50

O grande sucesso das Máfias também começou por este tidpo de esquemas: prometer segurança mediante uma pequena retribuição monetária...
Sem imagem de perfil

De Hélio Martins a 31.08.2008 às 22:51

Portugal está cada a ficar mais parecido com o Brasil a cada dia que passa. E pelas piores razões.

Os esquemas de extorsão \ protecção com que a Máfia se financia funcionam todos assim.

A minha esperança é estar a meio de um pesadelo e a qualquer momento acordar e descobrir que afinal era tudo um sonho...
Sem imagem de perfil

De Daniel Geraldes a 01.09.2008 às 00:30

Se eu fosse ladrão, e consulta-se à mesma o 31 da Armada, já sabia aonde é que podia assaltar :)
que pessimo serviço publico.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.09.2008 às 01:35

na verdade isto parece a Sicília. Comecem a pagar à Mafia para proteger a malta.

Comentar post