Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O oportunismo de Sócrates

por Carlos Nunes Lopes, em 20.09.08

José Sócrates usou a crise financeira internacional para justificar a opção por um regime de segurança social exclusivamente público.

"Nunca permitirei que as pensões dos portugueses sejam jogadas na bolsa". A declaração pareceu-me algo oportunista.

O que ainda não entendi é como é que o Instituto de Gestão de Fundos de Capitalização da Segurança Social, I. P. procede à sua missão de "gerir em regime de capitalização a carteira do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social e de outros fundos e as disponibilidades financeiras que lhe sejam afectas" ou de "negociar e contratar com as instituições do sistema monetário e financeiro as aplicações pertinentes"  (Artigo 20.º da Lei Orgânica do MTSS) sem o recurso a entidades privadas.

Nota: O IGFCSS,IP não tem sítio na net e não encontrei qualquer informação sobre as aplicações.

Depois, também não entendo como é que Sócrates garante não querer entregar as contribuições dos portugueses ao "sobe e desce da bolsa" quando o seu secretário de Estado anunciou em conferência de imprensa a entrega de 600 milhões de euros à gestão privada. O Secretário de estado diz que os privados "terão a responsabilidade de gerir os fundos públicos de forma competitiva e de um modo que acrescente valor".

Não sei o que Sócrates pensa do seu perigoso Secretário de Estado da Segurança Social, Esse malandro que anda a dar o nosso dinheiro ao jogo da bolsa.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De MAV a 21.09.2008 às 01:26

Acho que isto sem uma simples explicação.

O que Sócrates disse não era uma promessa, era um objectivo que, como muitos dos outros...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.09.2008 às 01:43


pode ver aqui alguma coisa...mas o que se vê não nos deixa nada descansados...

20% em acções...xii..

http://www1.seg-social.pt/inst.asp?05.11.05
Imagem de perfil

De Carlos Nunes Lopes a 21.09.2008 às 02:15

A segurança social estava, em plena crise do subprime , mais exposta ao mercado de acções dos EUA que da Europa. Xiii.
Isto só comprova uma coisa: Sócrates esgotou a intervenção a dizer disparates, a fazer demagogia e a cometer gafes .
Sócrates foi ontem o porta-estandarte do pior populismo: "Nunca entregaremos o vosso dinheiro aos caprichos da bolsa"
Sem imagem de perfil

De francisco a 08.02.2009 às 11:30

Incrédulo?
Até parece que não vivemos no mesmo país ... um país de MENTIRAS e de LADRÕES.
Sorte teve Alibábá que só viveu com 40 ladrões.
É mais uma ... não há que admirar

Comentar post