Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Marketing do Governo

por Sofia Bragança Buchholz, em 02.10.08

 © Foto: Nuno Veiga/ Lusa

 

O meu sobrinho, de 7 anos, quer um “Magalhães”. Tem um Macintosh na secretária, mas quer um “Magalhães”. Quando lhe digo que o que tem é muito melhor, argumenta que não é portátil. Nem é azul. Nem – quer-me parecer – tem uma data de miudagem e a comunicação social a falar sobre ele.

Tags:


comentários

Sem imagem de perfil

De carvalhosa a 02.10.2008 às 02:10

Isto é uma crítica?
Imagem de perfil

De Sofia Bragança Buchholz a 02.10.2008 às 02:39

É mais uma constatação, de que uma crítica.
Tenho algum cepticismo em acreditar que os não sei quantos Magalhães “patrocinados” pelos nossos impostos trazem aos miúdos vantagens suficientes para que tal prioridade se justificasse.
Em contrapartida, com tanta publicidade, o governo fica bem e os (outros) paizinhos são pressionados a abrir os cordões à bolsa.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 02.10.2008 às 09:30

Cara Sofia, ao seu sobrinho de 7 anos, que tem um Mac na secretária, dificilmente o Magalhães trará alguma vantagem.

Mas, para a miudagem que não tem essas possibilidades, o Magalhães é capaz de ser uma porta de entrada muito interessante. Afinal de contas, por alguma razão o seu sobrinho tem um computador.
Imagem de perfil

De Sofia Bragança Buchholz a 02.10.2008 às 13:38

Jonasnut ,

O meu sobrinho tem um Mac que era dos pais, comprado com o salário deles e, como vê, nem lhe sabe dar valor e tirar proveito dele.
Os outros miúdos vão ter um computador pago com os nossos impostos. Será que lhe vão saber dar valor? Será que saberão tirar proveito real daquilo que todos nós lhes oferecemos? Ou será apenas um brinquedo giro que um governo porreiro (às portas de eleições) lhes ofereceu? Essa é a minha dúvida.
Eu por mim, acho que seria mais importante que eles tivessem melhores escolas (equipadas com computadores colectivos que pudessem utilizar sempre que fosse necessário) e melhores professores (entenda-se isto, por recursos humanos mais bem preparados e/ou mais satisfeitos com as suas condições de trabalho).


Um beijinho
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.10.2008 às 11:54

Sofia, sobre "vantagens", o Mac do seu sobrinho traz-lhe alguma vantagem?
Sem imagem de perfil

De carvalhosa a 02.10.2008 às 14:32

Peço desculpa, mas continuo a ver este post como uma crítica disfarçada de "constatação".
É que independentemente de concordar ou discordar com a estratégia delineada dentro deste esquema do "Plano Tecnológico", creio que há questões mais pertinentes a criticar e para as quais encontrar solução.
O Governo pretende divulgar um produto direccionado a uma certa franja da população, aquela que, como alguém já referiu, não tem oportunidade de usufruir de um Mac. Portanto, quanto ao Marketing, presumo não haver grande coisa a apontar.
Tudo o resto são apenas questões inerentes à idade. As crianças se calhar vêem o Magalhães da mesma forma que vêem um brinquedo. Não pela publicidade que este produto possa ter, mas sim precisamente por serem crianças.
Acho que por esta ordem de ideias devia falar sobre todos os brinquedos que o seu sobrinho já lhe pediu, bem como a política de Marketing seguida pelas respectivas empresas que os produzem (o que não faria sentido também...).
Sem imagem de perfil

De JG a 02.10.2008 às 03:07

O primeiro, e irreparável, estrago desta medida pindérico-governamental, é incutir na cabeça das criancinhas que pode haver vantagem em trocar um Mac por um Pc.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.10.2008 às 11:39

Esse, de facto, é um problema gravissimo, JG. Já estou a ver os pais deste país a perguntarem-se: como é que raio eu vou convencer o meu filho que o seu Mac é melhor que um magalhães?
Sem imagem de perfil

De João Sousa a 02.10.2008 às 09:17

Por outro lado, talvez seja uma boa ideia oferecer-lhe o maldito Magalhães. Quando ele começar a sofrer os bloqueios do Windows, e as viroses, e o diabo a sete, nunca mais quererá outra coisa que a Maçã.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.10.2008 às 10:48

Sofia, se o seu sobrinho tem um MacKintosh, não precisa do Magalhães. Não lho comprem. O Magalhães é para quem não pode ter um MacCintosh. Vai-me desculpar, mas o seu post não faz sentido.

Pedro
Sem imagem de perfil

De Londinium a 02.10.2008 às 12:27

4zul? Que m4u gosto, sincer4mente...
Sem imagem de perfil

De Ricardo Silva a 02.10.2008 às 19:00

Pode sempre comprar um "magalhães" no mercado paralelo, e assim se calhar evita a "dupla tributação". Sim..já ouvi noticias que em certas escolas, alguns meninos que os tiveram de "borla" de manha, já nao voltaram com eles à tarde.
Sem imagem de perfil

De André Correia Maricato a 03.10.2008 às 03:59

É só dizer que não. Pelo menos quando eu tinha essa ainda os pais ainda costumavam dizer que não aos filhos.

O Magalhães também tem Linux, portanto se houver problemas com o outro sistema operativo é só reiniciar e trocar de SO. A minha dúvida é: "Será que todos os professores estão preparados para ensinar os alunos a trabalhar com estas máquinas?". Ou vem aí outro negócio da China para empresas que prestem serviços na área das aec's?
Sem imagem de perfil

De joão P. carvalho a 03.10.2008 às 13:44

cara Dona Sofia,

o seu sobrinho com um bocadinho da sua ajuda até pode ter o magalhães no mac dele :)

http://contribdoc.caixamagica.pt/twiki/bin/view/Main/VMWarePlayer

atentamente,

joão P. carvalho
Imagem de perfil

De Sofia Bragança Buchholz a 03.10.2008 às 15:59

Obrigada, João :-)

Comentar post